Diferenças entre edições de "Identidade linguística"

54 bytes removidos ,  21h28min de 5 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
'''Identidade linguística''' lhe permite considerar-se pertencente a uma determinada [[comunidade]] que é falante da sua [[língua natural]]. Nesta perspectiva, a comunidade conforma os seus valores e você conforma os valores da mesma. A língua de um grupo é o que caracteriza de forma mais profunda a sua [[identidade]], influenciado pelo recurso simbólico da [[linguagem]] o que nos leva a compreensão da relação intrínseca entre a linguagem em si e nós mesmos.<ref>{{Citar periódico|data=2013-06-25|titulo=Linguistic identities|url=https://jspark779.wordpress.com/2013/06/25/linguistic-identities/|jornal=Joseph Sung-Yul Park / 박성열|lingua=en-US}}</ref>
 
Segundo Le Page: “todo ato de fala é um ato de identidade. A linguagem é o índice por excelência da identidade e as escolhas linguísticas são processos inconscientes que o falante realiza associado às múltiplas dimensões constitutivas da [[identidade social]] e aos múltiplos papéis sociais que o usuário assume na comunidade de fala, mas o que determina a escolha de uma ou outra variedade é a situação concreta de [[comunicação]].” (1980, p. 5 apud ARAÚJO; QUEIRÓZ; BUENO, 2012, p. 5)<ref>{{Citar periódico|data=2012-11-23|titulo=Web-Revista SOCIODIALETO|url=http://www.sociodialeto.com.br/edicoes/13/01122012013110.pdf|jornal= Geane Lopes Francisco Araújo, Silmara Silveira Lemes Sampaio de Queiróz, Elza Sabino da Silva Bueno}}</ref>
 
Para alguns autores, a '''identidade linguística''' se constrói na [[interação]] comunicativa e depende de fatores como: conduta, afetivos, cognitivos, os quais se materializam através das atitudes linguísticas. São esses fatores que permitem aos indivíduos mostrarem a sua identidade e a sua avaliação com respeito a própria forma da fala de si, e a fala dos outros.
18

edições