Diferenças entre edições de "Quilombo dos Palmares"

225 bytes adicionados ,  05h57min de 6 de dezembro de 2018
Desfeita a edição 53760243 de 2804:D57:1B00:2000:B87D:ED8C:BCBE:5E19
Etiquetas: Editor Visual Seção eliminada
(Desfeita a edição 53760243 de 2804:D57:1B00:2000:B87D:ED8C:BCBE:5E19)
Etiqueta: Desfazer
| image3=Capoeira no Parque Memorial Quilombo dos Palmares.jpg|caption3=O Quilombo dos Palmares é considerado o berço da [[capoeira]].<ref>{{citar web|url=http://www.cultura.gov.br/o-dia-a-dia-da-cultura/-/asset_publisher/waaE236Oves2/content/estado-e-exaltado-em-festa-nacional-161433/10883|título=Estado é exaltado em festa nacional|publicado=Ministério da Cultura|acessodata=19-6-2017}}</ref>
}}
=== Antecedentes ===
As primeiras referências a um quilombo na região remontam a 1580, formado por escravos fugitivos de engenhos das capitanias de [[Capitania de Pernambuco|Pernambuco]] e da [[Capitania da Bahia|Bahia]].
 
=== O apogeu ===
À época das [[invasões holandesas do Brasil]] (1624-1625 e 1630-1654), com a perturbação causada nas rotinas dos engenhos de [[açúcar]], registrou-se um crescimento da população em Palmares, que passou a formar diversos núcleos de povoamento (''mocambos''). Os principais foram:
332

edições