Diferenças entre edições de "Paulo Guedes"

3 467 bytes adicionados ,  03h09min de 7 de dezembro de 2018
→‎Carreira: Redação
(Supostas irregularidades)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(→‎Carreira: Redação)
Nascido no Rio de Janeiro, Paulo Guedes é filho de uma servidora do [[Instituto de Resseguros do Brasil]] e de um vendedor de material escolar, aposentados, e possui um irmão caçula, Gustavo Henrique Nunes Guedes.<ref name=":4" /> Graduou-se na Faculdade de Economia da [[Universidade Federal de Minas Gerais]] e realizou mestrado na Escola de Pós-Graduação em Economia da [[Fundação Getúlio Vargas|Fundação Getúlio Vargas (FGV)]]. Em 1974, ingressou no Departamento de Economia da [[Universidade de Chicago]], com auxílio de bolsa do [[Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico|CNPQ]].<ref name=":2">{{Citar periódico|ultimo=Mena|primeiro=Fernanda|data=2018-10-09|titulo=Economista de Bolsonaro, Paulo Guedes viveu mudança radical em Chicago|url=https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/10/economista-de-bolsonaro-paulo-guedes-viveu-mudanca-radical-em-chicago.shtml|jornal=Folha de S.Paulo|lingua=pt-BR|pagina=A26|acessodata=2018-10-15}}</ref> Por não ter tido sua pós-graduação brasileira reconhecida, obteve novo mestrado antes de ingressar no programa de doutoramento, concluído em [[1979|1978]], numa instituição referência do pensamento [[Liberalismo econômico|econômico liberal]].<ref>{{Citar web|url=https://www.uchicago.edu/about/accolades/nobel_laureates/|titulo=Nobel Laureates|data=|acessodata=2018-10-15|obra=The University of Chicago|publicado=|ultimo=|primeiro=|lingua=en}}</ref><ref>{{Citar periódico|ultimo=Nasar|primeiro=Sylvia|data=1993-11-4|titulo=Nobels Pile Up for Chicago, but Is the Glory Gone?|url=https://www.nytimes.com/1993/11/04/business/nobels-pile-up-for-chicago-but-is-the-glory-gone.html|jornal=[[The New York Times]]|lingua=en|acessodata=2018-10-15}}</ref><ref name=":2" /><ref>{{citar web|url=https://www.jusbrasil.com.br/diarios/68329355/doerj-publicacoes-a-pedido-31-03-2014-pg-89|título=BR Investimentos LTDA|autor=DOE-RJ|data=2014-03-31}}</ref>
 
Também atuou como docente em regime parcial<ref name=":2" /><ref name=":3">{{Citar periódico|ultimo=Oliveira|primeiro=Joana|data=2018-10-09|titulo=Plano econômico de Paulo Guedes, guru de Bolsonaro, depende de uma ‘bala de prata’ para funcionar|url=https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/02/politica/1538508720_526769.html|jornal=El País|lingua=pt-br|acessodata=2018-10-15}}</ref> na [[Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro|Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)]], na FGV e no [[Instituto de Matemática Pura e Aplicada|Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA)]] no Rio de Janeiro. Durante a [[Ditadura militar no Chile (1973–1990)|ditadura militar chilena]], aceitou um cadeira de docência em tempo integral [[Universidade do Chile]],<ref name=":2" /><ref name=":3" /> então sob [[intervenção militar]].<ref name=":4">{{Citar periódico|ultimo=Gaspar|primeiro=Malu|autorlink=|autorlink2=|data=|ano=2018|titulo=O fiador|url=https://piaui.folha.uol.com.br/materia/o-fiador/|jornal=revista piauí|lingua=pt-BR|acessodata=2018-10-15|mês=9}}</ref>
 
Foi diretor-técnico, sócio e docente do [[Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais|Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC)]] na [[década de 1980]], onde atuou por 16 anos.<ref name=":0">{{citar web|url=http://ibmec.org.br/instituto/wp-content/uploads/2016/03/Origens-do-IBMEC-e-o-Desenvolvimento-do-Mercado-de-Capitais-Ney-Carvalho.pdf|título=Capítulo 10 – Depoimento de Paulo Guedes|página=99}}</ref><ref name=":1" />
Em 1983, foi um dos quatro fundadores do [[Banco Pactual]], onde atuou como chefe executivo e chefe estrategista.<ref name=":1" />
 
Foi sócio-fundador e diretor executivo da JGP Gestão de Recursos, onde era um dos responsáveis pela supervisão da gestão do Fundo JGP [[Fundo de hedge|Hedge]] e pela estratégia das operações. Também tornou-se membro do conselho diretor da PDG Realty S.A Empreendimentos e Participações, da [[Abril Educação]] S.A. e da [[Localiza]] Rent a Car S.A.<ref>{{citar web|url=https://www.bloomberg.com/research/stocks/private/person.asp?personId=22846043&privcapId=244807990|título=Executive profile - Company Overview of Bozano Investimentos Gestão de Recursos Ltda|acessodata=2018-04-18|publicado=bloomberg.com|idioma=en}}</ref> Também foi sócio-fundador do grupo financeiro BR Investimentos, que viria a ser da Bozano Investimento.
 
Foi também um dos fundadores do [[Instituto Millenium]], um ''[[think tank]]'' [[direita política|conservador]] brasileiro, que tem sido comparado ao [[IPES]]/[[IBAD]], entidades criadas no início dos [[anos 1960]] e conhecidas pelas ações de cunho ideológica, voltadas à preparação do [[golpe militar de 1964]].<ref>DREIFUSS, René Armand.
Foi um dos fundadores do ''[[think tank]]'' brasileiro [[Instituto Millenium]], também foi sócio-fundador do grupo financeiro BR Investimentos, que se tornaria parte da Bozano Investimento.
1964: A conquista do Estado – Ação política, poder e golpe de classe. 3ª ed. Petrópolis: Vozes, 1981.</ref><ref>Silveira, Luciana [http://www.repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/281471/1/Silveira_Luciana_M.pdf ''Fabricação de ideias, produção de consenso: estudo de caso do Instituto Millenium''].
Campinas: [[Unicamp]], 2013.</ref><ref>[http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/aurora/article/view/2351 Complexo IPES/IBAD, 44 anos depois: Instituto Millenium?] Por Bruna Pastore. ''Aurora'', [[Unesp]]/Marília, v.5 n.2,p.57-80 janeiro-junho de 2012.</ref><ref>[https://arquivo.correiodobrasil.com.br/ipes-millenium-patrocinio-golpe/ Do IPES ao Millenium, o patrocínio do golpe]. Por Maria Fernanda Arruda. ''[[Correio do Brasil]]'', 23 de outubro de 2016.</ref>
 
FoiAtuou como colunista dos jornais ''[[O Globo]]'' e ''[[Folha de S.Paulo|Folha de S. Paulo]]'' e das revistas ''[[Época (revista)|Época]]'' e ''[[Exame (revista brasileira)|Exame]]'', abordando temas ligados ao [[mercado de capitais]] e [[Gestão de ativos|gestão de recursos]]. Atualmente, publicaPublica regularmente artigos no site do Instituto Millenium.<ref name=":1">{{citar web|url=https://ri.localiza.com/show.aspx?idMateria=OSrWPRATJ+BigfVGXsi5kQ==|título=Comunicado da Administração para a AGO de 08/04/2008|data=|acessodata=2018-10-15|publicado=[[Localiza]]|ultimo=|primeiro=}}</ref><ref>{{citar web|url=https://www.institutomillenium.org.br/author/paulo-guedes/|título=Paulo Guedes - Instituto Millenium|publicado=institutomillenium.org.br|acessodata=2018-04-18}}</ref>
 
=== Investigação sobre gestão fraudulenta ===
===Política===
Em 2 de outubro de 2018, o [[Ministério Público Federal]] (MP) decidiu iniciar uma investigação preliminar acerca de suspeitas de [[fraude]] na gestão de [[Fundo de investimento|fundos de investimentos]] administrados por Guedes. Desde 2009, esses fundos de investimento receberam aportes no valor de R$1 bilhão de reais, oriundos de [[Fundo de pensão|fundos de pensão]] de [[empresas estatais]] brasileiras (destacando-se os fundos: [[Previ]], do [[Banco do Brasil]]; [[Petros]], da [[Petrobras]]; [[Funcef]], da [[Caixa Econômica Federal]], e [[Postalis]], dos [[Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos |Correios]]) que estão sob investigação de forças-tarefa da [[Polícia Federal do Brasil|Polícia Federal]], dentre as quais a [[Operação Greenfield]], cujo foco são as aplicações na modalidade Fundo de Investimento em Participações, FIP.<ref>[http://www.b3.com.br/pt_br/produtos-e-servicos/negociacao/renda-variavel/fundos-de-investimento-em-participacoes-fip.htm Fundos de Investimento em Participações (FIP)]. B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão.</ref><ref>{{citar web|url=https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/10/10/mpf-apura-se-economista-da-campanha-de-bolsonaro-cometeu-irregularidades-na-gestao-de-fundos-de-investimento.ghtml|titulo=MPF apura se economista da campanha de Bolsonaro cometeu irregularidades na gestão de fundos de investimento|data=2018-10-10|acessodata=2018-10-15|publicado=[[G1]]|ultimo=|primeiro=}}</ref><ref>{{Citar periódico|ultimo=Brooks|primeiro=Brad|ultimo2=Brito|primeiro2=Ricardo|data=2018-10-15|titulo=Economic guru for Brazil's presidential front-runner faces fraud probe|url=https://www.reuters.com/article/us-brazil-election-guedes/economic-guru-for-brazils-presidential-front-runner-faces-fraud-probe-idUSKCN1MK1B9|jornal=[[Reuters]]|lingua=en-US|acessodata=2018-10-15}}</ref> Segundo o MP, depois de receber os recursos dos fundos de pensão, o Fundo BR Educacional, administrado por Guedes, investiu o dinheiro de seus cotistas em apenas uma empresa, a HSM Educacional S/A, também controlada por ele. Com os recursos oriundos dos fundos de pensão, a HSM Educacional comprou 100% do capital de outra empresa criada por Paulo Guedes, a HSM do Brasil S/A. Chamou a atenção dos investigadores o [[ágio]] de R$ 16,5 milhões pago pelas ações da HSM do Brasil. Depois disso, a HSM do Brasil S/A passou a apresentar prejuízos recorrentes. Segundo o Ministério Público, os fundos de pensão de estatais que aplicaram em dois fundos de investimento controlados por Paulo Guedes teriam perdido R$ 200 milhões.<ref>[https://g1.globo.com/politica/noticia/2018/12/04/defesa-pede-a-procuradoria-para-adiar-depoimento-de-paulo-guedes.ghtml Procuradoria adia depoimento de Paulo Guedes após pedido da defesa.] Futuro ministro da Economia é alvo de inquérito que apura se ele causou prejuízos a fundos de pensão. Por Mariana Oliveira. [[G1]], 4 de dezembro de 2018.</ref>
Em [[novembro]] de [[2017]], Guedes foi anunciado pelo pré-candidato a [[Presidente do Brasil|Presidência da República]] [[Jair Bolsonaro]] como sua escolha para [[Ministério da Fazenda (Brasil)|Ministro da Fazenda]] num eventual governo. O nome do economista foi bem recebido por parcela da mídia bem como por investidores e banqueiros por conta de seus posicionamentos liberais, com o índice da [[B3 (bolsa de valores)|Bolsa de Valores]] tendo subido na ocasião do anúncio, embora o anúncio tenha sido visto também por parte da mídia e dos críticos do político como um subterfúgio do pré-candidato para contornar a imagem que tem de anti-liberal por conta de seu histórico de posicionamentos. O economista jamais foi filiado a partido político e a sua única atuação na política foi quando participou da elaboração do plano de governo do ex-ministro [[Guilherme Afif Domingos]] durante a [[Eleição presidencial no Brasil em 1989|campanha presidencial de 1989]].<ref>{{citar web|url=https://veja.abril.com.br/politica/paulo-guedes-o-liberal-do-militar/|título=Paulo Guedes, o liberal do militar|data=2017-12-02|publicado=veja.abril.com.br}}</ref><ref>{{citar web|url=https://epocanegocios.globo.com/Economia/noticia/2018/02/epoca-negocios-economista-propoe-plano-liberal-para-bolsonaro.html|título=Economista propõe Plano Liberal para Bolsonaro|data=2018-02-12|acessodata=2018-04-18|autor=Estadão Conteúdo|publicado=epocanegocios.globo.com}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7358329/chicago-boy-ajuda-acalmar-banqueiros-receosos-com-jair-bolsonaro|título="Chicago Boy" ajuda a acalmar banqueiros receosos com Jair Bolsonaro|autor=Bloomberg|publicado=infomoney.com.br|data=2018-04-02|acessodata=2018-04-18}}</ref><ref>{{citar web|url=https://exame.abril.com.br/economia/bolsonaro-me-chamou-para-conversar-diz-paulo-guedes/|título=Paulo Guedes critica “patrulhamento” por conversar com Bolsonaro|data=2018-01-30|publicado=exame.com.br|primeiro=João Pedro |ultimo=Caleiro}}</ref><ref>{{citar web|url=https://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN1DR207-OBRTP|título=Bolsonaro diz que negocia com Paulo Guedes para economista ser ministro da Fazenda em eventual governo|primeiro= Natália|ultimo=Scalzaretto|publicado=Reuters BR|data=2017-11-27|acessodata=2018-04-18}}</ref><ref>{{citar web|url=https://noticias.r7.com/prisma/coluna-do-fraga/bolsa-sobe-com-anuncio-de-paulo-guedes-para-ministro-da-fazenda-de-bolsonaro-27122017|título=Bolsa sobe com anúncio de Paulo Guedes para Ministro da Fazenda de Bolsonaro|publicado=noticias.r7.com|primeiro=Domingos|ultimo=Fraga|data=2017-11-27}}</ref>
 
Guedes negou as acusações, dizendo que a denúncia foi feita para confundir eleitor.<ref>{{citar web|url=https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/10/paulo-guedes-nega-fraudes-e-diz-que-investigacao-e-para-confundir-eleitor.shtml|titulo=Paulo Guedes nega fraudes e diz que investigação é para confundir eleitor|data=10 de Outubro de 2018|acessodata=11 de outubro de 2018|publicado=Folha de S. Paulo|ultimo=Fabrini|primeiro=Fábio}}</ref>
===Supostas irregularidades===
 
Em 2 de outubro de 2018, o [[Ministério Público Federal]] decidiu iniciar uma investigação, sob a alegação de que Guedes teria cometido irregulares na gestão de [[Fundo de investimento|fundos de investimentos]] que receberam aportes de [[Fundo de pensão|fundos de pensão]] de empresas estatais brasileiras investigadas pela [[Operação Greenfield]].<ref>{{citar web|url=https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/10/10/mpf-apura-se-economista-da-campanha-de-bolsonaro-cometeu-irregularidades-na-gestao-de-fundos-de-investimento.ghtml|titulo=MPF apura se economista da campanha de Bolsonaro cometeu irregularidades na gestão de fundos de investimento|data=2018-10-10|acessodata=2018-10-15|publicado=[[G1]]|ultimo=|primeiro=}}</ref><ref>{{Citar periódico|ultimo=Brooks|primeiro=Brad|ultimo2=Brito|primeiro2=Ricardo|data=2018-10-15|titulo=Economic guru for Brazil's presidential front-runner faces fraud probe|url=https://www.reuters.com/article/us-brazil-election-guedes/economic-guru-for-brazils-presidential-front-runner-faces-fraud-probe-idUSKCN1MK1B9|jornal=[[Reuters]]|lingua=en-US|acessodata=2018-10-15}}</ref> Guedes nega as acusações e diz que a denúncia foi feita para confundir eleitor.<ref>{{citar web|url=https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/10/paulo-guedes-nega-fraudes-e-diz-que-investigacao-e-para-confundir-eleitor.shtml|titulo=Paulo Guedes nega fraudes e diz que investigação é para confundir eleitor|data=10 de Outubro de 2018|acessodata=11 de outubro de 2018|publicado=Folha de S. Paulo|ultimo=Fabrini|primeiro=Fábio}}</ref>
Em dezembro de 2018, a pedido do Ministério Público, foi instaurado [[inquérito policial|inquérito]] pela Polícia Federal.<ref>[https://g1.globo.com/politica/noticia/2018/12/01/pf-abre-inquerito-para-investigar-elo-de-paulo-guedes-com-suspeitas-em-fundos-de-pensao.ghtml PF abre inquérito para investigar elo de Paulo Guedes com suspeitas em fundos de pensão.] Por Vladimir Netto. [[G1]], 1º de dezembro de 2018.</ref>
 
=== Indicação para o Ministério da Fazenda ===
Em [[novembro]] de [[2017]], Guedes foi anunciado, pelo pré-candidato a [[Presidente do Brasil|Presidência da República]] [[Jair Bolsonaro]], como sua escolha para [[Ministério da Fazenda (Brasil)|Ministro da Fazenda]] num eventual governo. O nome do economista foi bem recebido por uma parcela da mídia, bem como por [[investidor]]es e [[banqueiro]]s, em razão de suas posições [[liberalismo econômico|liberais]]. Na ocasião, o índice da [[B3 (bolsa de valores)|Bolsa de Valores]] registrou elevação, embora o anúncio tenha sido visto, por uma parte da mídia e dos críticos de Bolsonaro, como um subterfúgio do pré-candidato para contornar a imagem de antiliberal.
 
EmO [[novembro]]economista de [[2017]], Guedesjamais foi anunciado pelo pré-candidatofiliado a [[Presidentepartido do Brasilpolítico|Presidência da Repúblicapartido]] [[Jair Bolsonaro]] como sua escolha para [[Ministério da Fazenda (Brasil)|Ministro da Fazenda]] num eventual governo. O nome do economista foi bem recebido por parcela da mídia bem como por investidores e banqueiros por conta de seus posicionamentos liberais, com o índice da [[B3 (bolsa de valores)|Bolsa de Valores]] tendo subido na ocasião do anúncio, embora o anúncio tenha sido visto também por parte da mídia e dos críticos do político como um subterfúgio do pré-candidato para contornar a imagem que tem de anti-liberal por conta de seu histórico de posicionamentos. O economista jamais foi filiado a partido político e a sua única atuação na política foi quando participou da elaboração do plano de governo do ex-ministro [[Guilherme Afif Domingos]], quando este durantese candidatpi a presidente da República, nas [[Eleição presidencial no Brasil em 1989|campanha presidencialeleições de 1989]].<ref>{{citar web|url=https://veja.abril.com.br/politica/paulo-guedes-o-liberal-do-militar/|título=Paulo Guedes, o liberal do militar|data=2017-12-02|publicado=veja.abril.com.br}}</ref><ref>{{citar web|url=https://epocanegocios.globo.com/Economia/noticia/2018/02/epoca-negocios-economista-propoe-plano-liberal-para-bolsonaro.html|título=Economista propõe Plano Liberal para Bolsonaro|data=2018-02-12|acessodata=2018-04-18|autor=Estadão Conteúdo|publicado=epocanegocios.globo.com}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7358329/chicago-boy-ajuda-acalmar-banqueiros-receosos-com-jair-bolsonaro|título="Chicago Boy" ajuda a acalmar banqueiros receosos com Jair Bolsonaro|autor=Bloomberg|publicado=infomoney.com.br|data=2018-04-02|acessodata=2018-04-18}}</ref><ref>{{citar web|url=https://exame.abril.com.br/economia/bolsonaro-me-chamou-para-conversar-diz-paulo-guedes/|título=Paulo Guedes critica “patrulhamento” por conversar com Bolsonaro|data=2018-01-30|publicado=exame.com.br|primeiro=João Pedro |ultimo=Caleiro}}</ref><ref>{{citar web|url=https://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN1DR207-OBRTP|título=Bolsonaro diz que negocia com Paulo Guedes para economista ser ministro da Fazenda em eventual governo|primeiro= Natália|ultimo=Scalzaretto|publicado=Reuters BR|data=2017-11-27|acessodata=2018-04-18}}</ref><ref>{{citar web|url=https://noticias.r7.com/prisma/coluna-do-fraga/bolsa-sobe-com-anuncio-de-paulo-guedes-para-ministro-da-fazenda-de-bolsonaro-27122017|título=Bolsa sobe com anúncio de Paulo Guedes para Ministro da Fazenda de Bolsonaro|publicado=noticias.r7.com|primeiro=Domingos|ultimo=Fraga|data=2017-11-27}}</ref>
 
==Posicionamentos==