Diferenças entre edições de "Ruy Barbosa"

1 byte adicionado ,  00h59min de 11 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
(sem fontes)
'''Ruy Barbosa de Oliveira'''<sup>([[Ruy Barbosa#Ortografia do prenome|nota]])</sup><ref>{{citar web|url= https://www25.senado.leg.br/web/senadores/senador/-/perfil/2227|título= Ruy Barbosa|publicado= Senado Federal do Brasil|acessodata= 2 de outubro de 2017|arquivourl= http://archive.is/edyku|arquivodata= 2 de outubro de 2017}}</ref><ref name= ALESP/><ref name=":0">{{Citar web|titulo = Ruy Barbosa ou Rui Barbosa? Euclides ou Euclydes? Queiroz ou Queirós?|url = http://dicionarioegramatica.com.br/2016/02/04/ruy-barbosa-ou-rui-barbosa-euclides-ou-euclydes-queiroz-ou-queiros/|website = DicionarioeGramatica.com|acessodata = 2016-02-04}}</ref> <small>[[Ordem Militar de Sant'Iago da Espada|GCSE]]</small> ([[Salvador (Bahia)|Salvador]], {{dtlink|lang=br|5|11|1849}} — [[Petrópolis]], {{dtlink|lang=br|1|3|1923}}) foi um [[polímata]] [[brasil]]eiro, tendo se destacado principalmente como [[Direito|jurista]], [[advogado]], [[político]], [[Diplomacia|diplomata]], [[Literatura|escritor]], [[Filologia|filólogo]], [[jornalista]], [[Tradução|tradutor]] e [[Oratória|orador]]. Um dos intelectuais mais brilhantes do seu tempo, foi um dos organizadores da [[República Federativa do Brasil|República]] e coautor da constituição da [[República Velha|Primeira República]] juntamente com [[Prudente de Moraes]]. Ruy Barbosa atuou na defesa do [[federalismo]], do [[abolicionismo]] e na promoção dos direitos e garantias individuais.
 
Primeiro [[Ministério da Fazenda (Brasil)|ministro da Fazenda]] do [[República da Espada|regime instaurado em novembro de 1889]], teve sua breve e discutida gestão foi marcada pelo [[encilhamento]], grave crise econômica provocada pelo aumento indiscriminado da emissão de papel-moeda. Foi também [[deputado]] e [[Lista de senadores do Brasil#Senadores da República Velha (1889-1930)|senador]].
 
Notável orador e estudioso da [[língua portuguesa]], foi membro fundador da [[Academia Brasileira de Letras]] (1897), ocupando a cadeira n.º 10, e seu presidente entre 1908 e 1919.<ref name= ALESP/> Como delegado do Brasil na [[Convenções da Haia (1899 e 1907)|II Conferência da Paz]], em [[Haia]] (Holanda, 1907), notabilizou-se pela defesa do princípio da igualdade dos [[estado]]s. Sua atuação nessa conferência lhe rendeu o epíteto "''O Águia de Haia''". Teve papel decisivo na entrada do Brasil na [[Primeira Guerra Mundial]]. Já no final de sua vida, foi indicado para ser juiz do [[Tribunal Mundial]], um cargo de enorme prestígio, que recusou.
Utilizador anónimo