Simca Esplanada: diferenças entre revisões

9 bytes removidos ,  12 de dezembro de 2018
m
sem resumo de edição
m
{{Info/Automóvel
| nome = Simca Esplanada (Simca)
| imagem = [[Ficheiro:Simca Esplanada.jpg|300px]]
| construtor = [[Simca do Brasil]]<br />[[Chrysler do Brasil]]
| modelos similares = [[Aero Willys]]<br />[[Willys Itamaraty]]<br />[[Chevrolet Opala]]
| desenhador =
| }}
No Salão do Automóvel realizado em São Paulo em novembro de 1966, um modelo chamou particularmente a atenção do público e dos especialistas: o '''Simca Esplanada''', um sedã de luxo, 4 portas, equipado com as partes mecânicas do Simca Rally EmiSul. Sua carroceria fora desenhada no Brasil e o carro representava, na verdade, a última tentativa de afirmação da Simca do Brasil. Tanto que, dias depois, no mesmo mês de novembro, a Chrysler internacional assumia o controle acionário daquela empresa, dentro de seu esquema de progressiva absorção de todo o acervo da Simca internacional.
 
'''Esplanada'''
 
No Salão do Automóvel realizado em São Paulo em novembro de 1966, um modelo chamou particularmente a atenção do público e dos especialistas: o Esplanada, um sedã de luxo, 4 portas, equipado com as partes mecânicas do Simca Rally EmiSul. Sua carroceria fora desenhada no Brasil e o carro representava, na verdade, a última tentativa de afirmação da Simca do Brasil. Tanto que, dias depois, no mesmo mês de novembro, a Chrysler internacional assumia o controle acionário daquela empresa, dentro de seu esquema de progressiva absorção de todo o acervo da Simca internacional.
 
Os boatos de que o Esplanada deixaria de ser produzido e seria substituído pelo Valiant de seis cilindros cessaram com a vinda ao Brasil de Eugene Caffiero, gerente geral dos assuntos da Chrysler para a América Latina: Caffiero afirmou categoricamente a intenção da empresa de manter o Esplanada em regime normal de produção.
7 098

edições