Diferenças entre edições de "Diamantina"

41 bytes removidos ,  18h10min de 17 de dezembro de 2018
m
v2.0b - Corrigido usando WP:PCW (Link igual ao texto do link)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (v2.0b - Corrigido usando WP:PCW (Link igual ao texto do link))
Diamantina representou a maior lavra de [[Diamante|diamantes]] do mundo [[Mundo ocidental|ocidental]] no [[Século XVIII]], e durante nove anos, a [[Monarquia de Portugal|Coroa Portuguesa]] não tomou conhecimento da descoberta de [[Diamante|diamantes]] na região, o que foi feiro pelo governador da [[Capitanias do Brasil|Capitania]], em [[1729]], o então [[Lourenço de Almeida|D. Lourenço de Almeida.]]
 
A resposta de [[Portugal]] foi impor todo controle sobre as regiões diamantíferas das [[Minas Gerais|Minas Gerais.]]. Em [[1734]], foi criada a [[Diamante|Intendência de Diamantes]], cujo o Regime era totalmente controlador e autoritário.
 
O [[monopólio]] da [[Monarquia de Portugal|Coroa Portuguesa]] sobre as jazidas diamantíferas durou até [[1845]].<ref>{{Citar web|url=http://marlivieira.blogspot.com/|titulo=GEOGRAFIA EM FOCO|acessodata=2018-11-29|obra=marlivieira.blogspot.com|lingua=pt-BR}}</ref>
 
==== Parque Estadual do Biribiri ====
[[Ficheiro:Biriri_(1).jpg|miniaturadaimagem|[[Parque Estadual do Biribiri|Parque Estadual do Biribiri.]].]]
 
===== Cachoeira da Sentinela =====