Abrir menu principal

Alterações

2 750 bytes adicionados ,  19h14min de 18 de dezembro de 2018
Dados históricos do Município advindos de textos da Biblioteca Municipal de Sertaneja
==História==
<!-- NÃO COPIE nada para a Wikipédia, não é permitido (©). Mesmo de sites oficiais! Leia: Wikipedia:Coisas a não fazer! Não apague este aviso! -->
Sertaneja foi fundada pela Lei nº 2/1947, de [[10 de outubro]] de [[1947]], que dispôs sobre a divisão territorial do Estado do Paraná para o quinquênio de 1947-1951 e que dividiu o municípioMunicípio de Cornélio Procópio, criando 3 novos Distritos: Sertaneja, Leópolis e Congonhas. A Lei nº 790/1951, de [[14 de novembro]] de [[1951]], que dispôs sobre a divisão territorial do Estado do Paraná para o quinquênio de 1952-1956, elevou o distritoDistrito de Sertaneja a municípioMunicípio e seu território foi desmembrado do municípioMunicípio de Cornélio Procópio. A instalação do Município ocorreu no dia 14 de dezembro de 1952, por ocasião da Posse o primeiro Prefeito Municipal, Sr. Luiz Valério. Em 1950, por conta do primeiro recenseamento geral, Sertaneja contava com 9.852 habitantes.
 
As terras que formam o Município de Sertaneja foram adquiridas e loteadas pela Companhia Agrícola Barbosa (Cia. Barbosa) entre os anos de 1.940 a 1.945 e pertenciam ao Município de Cornélio Procópio. Os primeiros moradores eram empreiteiros de derrubadas que enfrentavam o ambiente hostil e toda a espécie de dificuldades. Entre esses heróis civilizadores destaram-se: Antonio Pereira Teixeira, (Corretor de Imóveis e Loteador da "Cia. Barbosa"), Massagi Nagano, Benjamim Teixeira, João Aparecido, José da Silva, Januário Loureiro, Moisés de Oliveira (primeiro Farmacêutico formado), Kazuyoshi Kobayashi, Wanderley Carlach, entre outros.
O município conta atualmente com um distrito (Distrito de Paranagi) e algumas comunidades rurais.
 
O meio de transporte era feito por uma jardineira, tipo “Catita”, sendo que as estradas para Cornélio Procópio e Assis, eram estradas de "chão batido" sem asfaltamento.
 
Em 1.944, foi construída a primeira capela por Otávio Charlach e colaboradores diversos, tendo como o Padroeiro "Santo Antonio de Pádua", imagem doada por Dona Laura Charlach. A primeira Missa na localidade foi celebrada pelo Padre Vicente.
 
Em meados de 1.945, foi construída a primeira escola, que para dar os primeiros passos do alfabetismo. Jair Oliveira, Lourdes Orlandi e Antonio Bordini, foram os primeiros Professores nomeados, por volta de 1.947.
 
Em fins de 1.945 outras famílias pioneiras da tradicional fibra nipônica, vieram fixar residência que muito contribuíram no desenvolvimento e formação de lavouras. São elas: Shotaro Minami, Massataka Ota, Komatsu Taniguchi, Yoshinosuke Nakamura, Guenkishi Suzuki e outros.
 
Em 08 de maio de 1.948, radicava-se em Sertaneja Dr. Waldemar Scardazzi, Médico e que, com muito trabalho e dificuldade, atendia a população.
 
No dia 14 de maio de 1.949, era instalado o Cartório de Registro Civil, tendo como escrivão o Senhor Rolando Demétrio Marussi.
 
No dia 05 de outubro de 1950, Dom Geraldo de Proença Sigaud, Bispo de Jacarezinho, assinou o Decreto, elevando a Capela à dignidade de Paróquia, sendo desmembrada da Paróquia Cristo Rei, de Cornélio Procópio. Os cuidados pastorais da recém criada Paróquia foram confiados ao PIME (Pontifício Instituto das Missões Estrangeiras), tendo como primeiro Pároco Pe. Pedro Piazzol, que deu início à construção da Casa Paroquial e da Igreja Matriz.
 
O município conta atualmente com um distritoDistrito (Distrito de Paranagi) e algumas comunidades rurais.
== Economia ==
A sua economia é baseada na agricultura, principalmente no cultivo de soja, trigo e milho. Há áreas destinadas à pecuária, porém em menor extensão. O comércio é de pequena monta, focado principalmente no ramo supermercadista e em atividades ligadas à agropecuária. Há 5 indústrias, todas ligadas ao recebimento de cereais "in natura" (Bunge Alimentos, Agrobal Comércio de Sementes, Agroserto Comércio de Sementes, Louis Dreifus Comodities - Filial Sertaneja, Cooperativa COROL - Unidade Sertaneja e Seara Indústria de Alimentos).
 
==Ligações externas==
*[http://www.sertaneja.pr.gov.br/ Página da prefeituraPrefeitura Municipal de Sertaneja]
*[http://www.dioceseprocopense.org.br/posts/detalhe/113 Página da Paróquia Santo Antônio de Sertaneja]
*[https://www.cmsertaneja.pr.gov.br/?pag= Página da Câmara Municipal de Sertaneja]
 
{{Região Metropolitana de Londrina}}
2

edições