Abrir menu principal

Alterações

28 bytes removidos ,  09h44min de 19 de dezembro de 2018
revisão
== As mudanças ==
[[Imagem:Gregorianscher Kalender Petersdom.jpg|thumb|Detalhe da [[tumba]] do {{Lknb|papa Gregório|XIII}} celebrando a introdução do calendário gregoriano]]
* Em Portugal, a aplicação da Bula da Reforma gregoriana e o [[calendário gregoriano]] entrou em vigor na data determinada pela Santa Sé em virtude de uma lei de [[Filipe II de Espanha|Filipe I de Portugal]], assinada em Lisboa, a [[20 de setembro]] do mesmo ano, e escrita em português de acordo com as garantias aprovadas nas [[Cortes de Tomar de 1581]], quando foi proclamado rei de Portugal.<ref>{{citar web|URL=https://digitarq.arquivos.pt/details?id=4223277/|título=Lei de adopção do calendário gregoriano|autor=Filipe I, rei de Portugal|data=20 de setembro de 1582|publicado=|acessodata=19 de dezembro de 2018}}</ref>
* Foram omitidos dez dias do calendário juliano, deixando de existir os dias de 5 a 14 de outubro de 1582. A bula ditava que o dia imediato à quinta-feira, 4 de outubro, fosse sexta-feira, 15 de outubro.<ref>{{citar web|URL=http://www.calendariodoano.com.br/calendario-gregoriano/|título=Calendário Gregoriano|autor=|data=|publicado=Calendário do Ano|acessodata=26 de dezembro de 2016}}</ref>
* Os [[ano secular|anos seculares]] só são considerados [[bissexto]]s se forem divisíveis por 400. Desta forma a diferença (atraso) de três dias em cada quatrocentos anos observada no [[calendário juliano]] desaparecem.<ref name="Topografia"/>
8 520

edições