Abrir menu principal

Alterações

14 bytes removidos ,  15h19min de 20 de dezembro de 2018
m
ajustes gerais nas citações, outros ajustes usando script
| assinatura = Getúlio Vargas Signature.svg
}}
'''Getúlio Dornelles Vargas'''{{efn|A grafia original do nome do biografado, ''Getulio Dornelles Vargas'', deve ser atualizada conforme a [[onomástica]] estabelecida a partir do [[Formulário Ortográfico de 1943]], por seguir as mesmas regras dos [[substantivo]]s comuns.<ref>[http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=20 Academia Brasileira de Letras - Formulário Ortográfico de 1943]</ref>. Tal norma foi reafirmada pelos subsequentes [[Acordo Ortográfico|Acordos Ortográficos]] da língua portuguesa.<ref>[http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=acordo&version=1945 Acordo Ortográfico de 1945]</ref><ref>[http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=acordo&version=1990 Acordo Ortográfico de 1990]</ref> A norma é optativa para nomes de pessoas em vida, a fim de evitar constrangimentos, mas após seu falecimento torna-se obrigatória para publicações, ainda que se possa utilizar a grafia arcaica no foro privado (Formulário Ortográfico de 1943, IX).}} <small>[[Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito|GCTE]] • [[Ordem Militar de Avis|GCA]]</small> ([[São Borja]], {{dtlink|lang=br|19|4|1882}} — [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], {{dtlink|lang=br|24|8|1954}}) foi um [[advogado]] e [[político]] [[brasil]]eiro, líder civil da [[Revolução de 1930]], que pôs fim à [[República Velha]], depondo seu 13.º e último presidente, [[Washington Luís]], e, impedindo a posse do presidente eleito em 1 de março de 1930, [[Júlio Prestes]].
 
Foi [[presidente do Brasil]] em dois períodos. O primeiro período foi de 15 anos ininterruptos, de 1930 até 1945, e dividiu-se em 3 fases: de 1930 a 1934, como chefe do "Governo Provisório"; de 1934 até 1937 como presidente da república do [[Governo Constitucional]], tendo sido eleito presidente da república pela [[Assembleia Nacional Constituinte]] de 1934; e, de 1937 a 1945, como [[ditador]],<ref name=":4">{{Citar periódico|ultimo=Dia|primeiro=O|data=2014-08-24|titulo=Morto há 60 anos, Getúlio Vargas foi estadista e ditador|url=https://odia.ig.com.br/_conteudo/noticia/brasil/2014-08-23/morto-ha-60-anos-getulio-vargas-foi-estadista-e-ditador.html|jornal=O Dia - _legado_Brasil|lingua=pt-BR}}</ref> durante o [[Estado Novo (Brasil)|Estado Novo]]{{efn|"[[Estado Novo (Portugal)|Estado Novo]]" era o nome que [[António de Oliveira Salazar]] dera ao regime político instaurado, em [[Portugal]], em 1933, e que só iria se encerrar em 1974.}} implantado após um [[golpe de estado]].
 
No segundo período, em que foi eleito por [[voto direto]], Getúlio governou o Brasil como presidente da república, por 3 anos e meio: de 31 de janeiro de 1951 até 24 de agosto de 1954, quando se suicidou. Getúlio era chamado por seus simpatizantes de "[[o pai dos pobres|pai dos pobres]]", pela legislação trabalhista e políticas sociais adotadas sob seus governos. A sua [[doutrina]] e seu estilo político foram denominados de "getulismo" ou "varguismo". Os seus seguidores, até hoje existentes, são denominados "getulistas". As pessoas próximas o tratavam por "Doutor Getúlio", e as pessoas do povo se referiam a ele como "Getúlio".
43 142

edições