Diferenças entre edições de "Småland"

Sem alteração do tamanho ,  01h22min de 22 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
[[Imagem:Map of landscape Smaland Sweden.jpg|Mapa da Småland na [[Era Viquingue]]|250px|miniatura]]
 
Existem vestígios de povoamento da região desde {{AC|6000|x}}. Na [[Era Viquingue]] e no início da [[Suécia na Idade Média|Idade Média]], a futura [[Províncias da Suécia|província histórica]] era constituída por 12 "pequenas terras" autónomas (''små land''), uma espécie de pequenas província históricas antigas ([[folclândia]]), localizadas nesta área situada entre os territórios dos [[Gautas]] e os territórios da [[Dinamarca]]; eram elas: [[Verêndia]], [[Moria (folclândia)|Moria]], [[Finuídia]], [[Aspelândia]], [[Niudúngia]], [[Quindia (folclândia)|Quindia]], [[Tiúscia]], [[Tueta]], [[Sevede]], [[HandbördHandborda]], [[Ídria]], [[Vedbo]] e [[Vista (folclândia)|Vista]]. Palco de numerosas disputas militares entre Gotas e Dinamarqueses, e mais tarde entre Suecos e Dinamarqueses, acabou por ser formalmente identificada como parte da Suécia por volta do {{séc|XI}}, talvez como está mencionado num primeiro tratado assinado pelo rei sueco [[Emundo, o Velho]] e pelo rei da Dinamarca. No {{séc|XVI}}, foi avassalada por uma rebelião campesina contra o rei [[Gustavo Vasa]] – a [[Dackefejden]] – com contornos de autêntica guerra civil. No {{séc|XIX}}, a pobreza crítica da região levou à emigração de {{fmtn|200000}} pessoas para os [[Estados Unidos]].
<ref>{{citar web |url=https://www.ne.se/uppslagsverk/encyklopedi/l%C3%A5ng/sm%C3%A5land/f%C3%B6rhistoria |título=Småland - Förhistoria |publicado=[[Nationalencyklopedin]] (''Enciclopédia Nacional Sueca'') |autor=Klas-Göran Selinge |língua=sueco |acessodata=5 de agosto de 2018}}</ref>
<ref>{{citar web |url=https://www.ne.se/uppslagsverk/encyklopedi/l%C3%A5ng/sm%C3%A5land/historia |título=Småland - Historia|publicado=[[Nationalencyklopedin]] (''Enciclopédia Nacional Sueca'') |autor=Lars-Olof Larsson|língua=sueco |acessodata=5 de agosto de 2018}}</ref>