Abrir menu principal

Alterações

55 bytes adicionados ,  00h44min de 24 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
Em resposta a invasão dos soviéticos ao Afeganistão, Carter acabou com a ''[[détente]]'', intensificou a [[Guerra Fria]] e liderou um [[Boicote aos Jogos Olímpicos de Verão de 1980|boicote]] aos [[Jogos Olímpicos de Verão de 1980|Jogos Olímpicos de 1980]] em [[Moscou]]. Em 1980, ele enfrentou um desafio a sua nomeação pelo Partido Democrata por [[Ted Kennedy]], mas se manteve como o candidato da legenda para tentar a reeleição. Carter acabou perdendo a [[Eleição presidencial nos Estados Unidos em 1980|eleição presidencial]] para o republicano [[Ronald Reagan]]. [[Classificações históricas dos Presidentes dos Estados Unidos|Pesquisas de historiadores e cientistas políticos]] consideram Carter como um presidente "fraco".
 
Em 2012, Carter passou [[Herbert Hoover]] como o ex-presidente mais velho e chegou a comemorar os 40 anos da sua inauguração ao cargo. Em abril de 2017, se tornou o segundo ex-presidente dos EUA mais longevo, atrás somente de [[George H. W. Bush]]. Atualmente é o ex-presidente mais velho vivo dos EUA. Desde que deixou a presidência, trabalhou principalmente em questões de [[direitos humanos]]. Ele viajou pelo mundo, advogando acordos de paz, observando eleições e trabalhando para a prevenção e [[Erradicação de doenças infecciosas|erradicação]] de doenças em várias nações. Carter também é defensor da reforma política nos Estados Unidos e foi um crítico da [[Doutrina Bush|política externa agressiva]] do presidente [[George W. Bush]].<ref>{{Citar periódico|ultimo=Lavender|primeiro=Paige|data=2015-7-31|titulo=Jimmy Carter Blasts U.S. 'Political Bribery'|url=http://www.huffpostbrasil.com/entry/jimmy-carter-us-politics_us_55bbb3c9e4b0d4f33a02ae2b|jornal=HuffPost Brasil|lingua=en|acessodata=}}</ref>
 
== Começo da vida ==