Diferenças entre edições de "Almeida Garrett"

2 bytes adicionados ,  21h48min de 2 de janeiro de 2019
Em [[1824]], pode partir para [[França]] e assim o fez, nessa viagem escreveu o muitíssimo conhecido ''Camões'' ([[1825]]) e ''Dona Branca'' ([[1826]], não tão conhecido como o anterior mas não menos importante), poemas geralmente considerados como as primeiras obras da [[romantismo|literatura romântica]] em [[Portugal]]. No ano de 1826 foi chamado e regressou à pátria com os últimos emigrantes dedicando-se ao [[jornalismo]], fundando e dirigindo o jornal diário ''[[O Portuguez (1826)|O Portuguêz]]'' <ref >{{Citar web |autor=Rita Correia |data=28 de setembro de 2015 |título=Ficha histórica:O Portuguez : diario politico, litterario e commercial (1826-1827)|url=http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/RecursosInformativos/Dicionariojornais/Textos/OPortuguez.pdf |formato=pdf |publicado=[[Hemeroteca Municipal de Lisboa]] |acessodata=10 de outubro de 2016}}</ref>(1826-[[1827]]) e o semanário ''O Cronista'' (1827). Também colaborou na ''[[Revista Universal Lisbonense]]''<ref>{{Citar web |autor= Rita Correia|data=30-11-2006 |título=Ficha histórica:Revista Universal Lisbonense.(1841-1853) |url= http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/FichasHistoricas/RUL.pdf|formato=pdf |publicado=[[Hemeroteca Municipal de Lisboa]] |acessodata=15 de Setembro de 2014}}</ref> (1841-1859) e na ''Semana de Lisboa''<ref>[http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/Periodicos/ASemanadeLisboa/ASemanadeLx.htm A semana de Lisboa : supplemento do Jornal do Commercio (1893-1895) [cópia digital, Hemeroteca Digital<nowiki>]</nowiki>]</ref> (1893-1895).
 
Teria de deixar Portugal novamente em [[1828]], com o regresso do [[tradicionalismo|Rei tradionalistatradicionalista]] [[Miguel I de Portugal|D. Miguel]]. No ano de 1828 ainda perdeu, para seu grande desgosto, a sua filha recém-nascida. Novamente em Inglaterra, publica ''Adozinda'' (1828).
 
Juntamente com [[Alexandre Herculano]] e [[Joaquim António de Aguiar]], tomou parte no [[Desembarque do Mindelo]] e no [[Cerco do Porto]] em [[1832]] e [[1833]]. Também fundou o Jornal "Regeneração" em 1851 a propósito do movimento político da regeneração.<ref>{{Citar web| título = Almeida Garrett | acessodata = 2011-03-24 | url = http://www.astormentas.com/din/biografia.asp?autor=Almeida+Garrett }}</ref>
Utilizador anónimo