Abrir menu principal

Alterações

1 400 bytes adicionados ,  5 janeiro
sem resumo de edição
{{Info/Empresa
|nome nome_empresa = Grupo Abril
|logo_tamanho logo = Grupo Abril.svg
|imagem logo_tamanho = Grupo Abril.svg
|imagem_tamanho logo_legenda =
|razao_social imagem = Abril Comunicações S.A. =
| imagem_tamanho =
|tipo empresa = [[Empresa de capital fechado]]
| imagem_legenda =
|slogan = ''Faz parte da sua vida''
|indústria razao_social = [[Abril Mídia]] S.A.
|genero tipo = [[Empresa de capital fechado]]
|fundação slogan = [[1950]]''Faz parte da sua vida''
|fundador cotacao = [[Victor Civita]]=
|destino atividade = [[Mídia]]
|sede genero = [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], {{BRA}}
|área servidafundacao = Brasil1950
|locais fundador = [[Victor Civita]]
|proprietário destino = Fábio Carvalho =
| encerramento =
|presidente = Marcos Haaland<ref>{{citar web |título=Família Civita deixa o comando do Grupo Abril |url=https://www.istoedinheiro.com.br/familia-civita-deixa-o-comando-do-grupo-abril/ |obra=[[Estadão]] |publicado=[[IstoÉ|IstoÉ Dinheiro]] |acessodata=29 de dezembro de 2018 |data=19 de julho de 2018}}</ref>
|vice-presidente sede =
| area_servida =
|principais pessoas = {{lista simples|
| locais =
*Victor Civita Neto (Conselho editorial)
| proprietario = Família Civita
*Giancarlo Civita (Conselho editorial)
| presidente = Marcos Haaland<ref>{{citar web |título=Família Civita deixa o comando do Grupo Abril |url=https://www.istoedinheiro.com.br/familia-civita-deixa-o-comando-do-grupo-abril/ |obra=[[Estadão]] |publicado=[[IstoÉ|IstoÉ Dinheiro]] |acessodata=29 de dezembro de 2018 |data=19 de julho de 2018}}</ref>
| vice-presidente =
|principais pessoasprincipais_pessoas = {{lista simples|
* Victor Civita Neto (Conselho editorial)
* Giancarlo Civita (Conselho editorial)
}}
|num empregadosnum_empregados = 9.000
|produtos clientes = {{lista simples|
| produtos = {{lista simples|
* [[Mídia impressa]]
* [[Mídia digital]]
* [[Indústria gráfica]]
}}
|divisões marcas = {{lista simples| =
| servicos =
| obras =
| certificacao =
| holding = Ativic S.A.
| divisoes = {{lista simples|
* Abril Mídia
* Abril Gráfica
* Total Express
}}
| subsidiarias =
|lucro = {{Increase}} [[R$]] 189,4 milhões (2013)
|LAJIR acionistas =
| valor_de_mercado =
|renda_liquida = {{baixa}} R$1 bilhão (2017)<ref name="infomoney2018">{{citar web |último=Sutto |primeiro=Giovanna |título=Grupo Abril pede recuperação judicial |url=https://www.infomoney.com.br/negocios/grandes-empresas/noticia/7573929/grupo-abril-pede-recuperacao-judicial- |obra=InfoMoney |publicado=[[Internet Group]] |acessodata=29 de dezembro de 2018 |data=15 de agosto de 2018}}</ref>
|faturamento ativos = {{baixa}} R$1 bilhão (2017)<ref name="infomoney2018"/>
|renda líquidareceita =
|página lucro = {{url|grupoabril.com.brIncrease}} [[R$]] 189,4 milhões (2013)
|rodapé LAJIR =
| faturamento = {{baixa}} R$1 bilhão (2017)<ref name="infomoney2018"/>
| renda_liquida = {{baixa}} R$1 bilhão (2017)<ref name="infomoney2018">{{citar web |último=Sutto |primeiro=Giovanna |título=Grupo Abril pede recuperação judicial |url=https://www.infomoney.com.br/negocios/grandes-empresas/noticia/7573929/grupo-abril-pede-recuperacao-judicial- |obra=InfoMoney |publicado=[[Internet Group]] |acessodata=29 de dezembro de 2018 |data=15 de agosto de 2018}}</ref>
| significado_letras =
| antecessora =
| sucessora =
| website = {{url|grupoabril.com.br}}
| rodape =
}}
O '''Grupo Abril''' é um [[conglomerado de mídia]] brasileiro sediado em [[São Paulo]], que atua principalmente no mercado de [[editoração]], publicando títulos como ''[[Veja]]'' e ''[[Exame (revista brasileira)|Exame]]'', além de possuir negócios nas áreas de [[logística]], através da Total Express, e [[Distribuição (logística)|distribuição]], com a [[Dinap]]. Suas atividades foram iniciadas em 1950 com a fundação da [[Editora Abril]] pelo empresário e jornalista ítalo-brasileiro [[Victor Civita]].
O '''Grupo Abril''' é um dos maiores [[conglomerado de mídia|conglomerados de mídia]] da [[América do Sul]].<ref>{{citar jornal|url=http://www.portalbrasil.net/brasil_economia.htm|titulo=Comunicações:|obra=portalbrasil|formato=htm|acessodata=02/06/2010}}</ref> Desde agosto de 2010 se organiza em quatro pilares – Mídia, Gráfica, Distribuição e Educação.<ref>[http://www.mmonline.com.br/noticias.mm?url=Grupo_Abril_se_reorganiza_em_quatro_pilares&origem=home]</ref> O grupo tem como presidente executivo Arnaldo Figueiredo Tibyriçá<ref>[https://www.istoedinheiro.com.br/walter-longo-deixa-presidencia-do-grupo-abril/ Walter Longo deixa presidência do Grupo Abril]</ref> e teve como editor e presidente do Conselho de Administração [[Roberto Civita]], que faleceu em maio de 2013.
 
== História ==
=== Primeiras décadas: 1950-1990 ===
[[Ficheiro:BIRMANN 21.JPG|miniaturadaimagem|Edifício [[Birmann 21]], em [[São Paulo]], prédio que abrigou a sede do Grupo Abril até 2018.]]
[[Imagem:BIRMANN 21.JPG|200px|esquerda||thumb|Prédio Sede do Grupo Abril em [[São Paulo]].]]Fundado em [[1950]] por [[Victor Civita]] como [[Editora Abril]], o Grupo Abril é hoje um dos maiores e mais influentes grupos de comunicação da América Latina. Ao longo de sua história, expandiu e diversificou suas operações, e hoje fornece conteúdo em multiplataformas.
 
Em maio de 1950 Victor fundou a Editora Primavera. Seu primeiro título é a revista ''Raio Vermelho'', uma revista em quadrinhos com títulos de origem italiana, que não faz muito sucesso. Em julho, rebatiza sua corporação como Editora Abril,<ref name="Guerra">{{Citar livro|autor=Gonçalo Júnior|título=[[A Guerra dos Gibis - a formação do mercado editorial brasileiro e a censura aos quadrinhos, 1933-1964]]|editor=[[Editora Companhia das Letras]] |publicação=[[2004]]}}</ref> na [[Europa]] nesse mês se inicia a primavera, o nome havia sido usado por seu irmão, [[Cesar Civita|Cesar]] em uma editora na [[Argentina]].<ref name=ln>[http://www.lanacion.com.ar/694574-murio-cesar-civita-el-gran-creador-de-la-editorial-abril ''La Nación'': Murió César Civita, el gran creador de la editorial Abril] {{es}}</ref> Seu ícone é a árvore, pois representa a fertilidade, a própria imagem da vida. A cor verde foi escolhida por simbolizar a esperança e o otimismo.
 
=== Recuperação judicial ===
Em 19 de julho de 2018, a família Civita deixadeixou o comando do Grupo Abril, que foi assumido pelo empresário Marcos Haaland, sócio da empresa de consultoria Alvarez & Marsal.<ref>[https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,familia-civita-deixa-o-comando-do-grupo-abril,70002408113 Estadão. Família Civita deixa o comando do Grupo Abril. Publicado em 19 de Julho de 2018.]</ref> EmNo agostomês oseguinte, Grupoa pedeempresa anunciou seu pedido de [[recuperação judicial]], após acumular dívidas no valor de R$ 1,6 bilhão.<ref>[https://g1.globo.com/economia/midia-e-marketing/noticia/2018/08/15/grupo-abril-decide-pedir-recuperacao-judicial.ghtml G1. Grupo Abril decide pedir recuperação judicial. Publicado em 15 de agosto de 2018.</ref> Em dezembro de 2018 é vendida para o advogado carioca Fábio Carvalho, especializado em adquirir empresas em apuros.<ref>{{Citar web|url=https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/abril-e-vendida-fabio-carvalho.html|titulo=A Abril é vendida a Fabio Carvalho|acessodata=2018-12-20|obra=Lauro Jardim - O Globo|ultimo=Jardim|primeiro=Lauro|lingua=pt-br}}]</ref>
 
Em 20 de dezembro de 2018, o Grupo Abril anunciou que os seus negócios foram vendidos pela família Civita para o empresário carioca Fábio Carvalho, sócio das varejistas [[Leader]] e [[Casa & Video]], pelo valor simbólico de R$ 100 mil.<ref>{{citar web |url=https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/abril-e-vendida-fabio-carvalho.html |titulo=A Abril é vendida a Fabio Carvalho |ultimo=Jardim |primeiro=Lauro |autorlink=Lauro Jardim |acessodata=2018-12-20 |publicado=[[O Globo]] |subscrição=sim |arquivourl=https://archive.vn/bCMEu |arquivodata=2019-01-05}}</ref> Com a venda, Carvalho — que é especializado em adquirir empresas em situação financeira deficitária — assumiu a dívida de R$ 1,6 bilhão da Abril, que segue com a recuperação judicial em curso, e irá injetar o valor R$ 70 milhões no grupo para dar fôlego ao negócio. A Abril seguirá no comando da Alvarez & Marsal até que a transação receba aprovação do [[Conselho Administrativo de Defesa Econômica]] (Cade).<ref>{{citar web |url=https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/12/21/internas_economia,1015286/fabio-carvalho-paga-r-100-mil-pela-abril-que-tem-divida-de-r-1-6-bi.shtml |título=Fabio Carvalho paga R$ 100 mil pela Abril, que tem dívida de R$ 1,6 bilhão |data=2018-12-21 |publicado=[[O Estado de Minas]] |acessodata=2019-01-05}}</ref>
 
== Ativos ==
* [[Caras|CARAS]] (lançada pela Editora CARAS em novembro de 1993)<ref name=":2" />
* [[CMT Brasil]] (a rede fechou em 2002)
* Cosmopolitan
* [[Contigo!]] (revista vendida à [[Editora Caras]] em 2015)<ref name=":2" />
* [[DirecTV Brasil]] (vendida para [[The DirecTV Group]])
* Elle
* [[ESPN Brasil]] (participação vendida para a [[ESPN]])
* Estilo de Vida (extinta em 2018)
* Gestão Escolar (a revista pertence a [[Fundação Lemann]] desde 2016)<ref name=":4">{{Citar web|título = Revistas 'Nova Escola' e 'Gestão Escolar' serão transferidas|url = http://g1.globo.com/economia/midia-e-marketing/noticia/2015/12/revistas-nova-escola-e-gestao-escolar-serao-transferidas.html|obra = Midia e Marketing|acessadoem = 2016-01-21}}</ref>
* [[Gloss (revista)|Gloss]] (revista extinta em 2013)<ref name=":0" />
* [[HBO Brasil]] (Vendida para a [[HBO Latin America Group|HBO Latin America]] em 1999){{careceCarece de fontes|Brasil=sim|data=abril de 2017}}
* [[Ideal TV]] (vendida para o [[Grupo Spring de Comunicação|Grupo Spring]] em 2013)<ref name=":1" />
* [[Info Exame]] (voltou a ser parte da revista [[Exame (Brasil)|Exame]], última edição Julho de 2015)<ref>{{Citar web|título = Editora Abril fecha versão digital da revista INFO - Notícias - R7 Tecnologia e Ciência|url = http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/editora-abril-fecha-versao-digital-da-revista-info-12082015|obra = noticias.r7.com|acessadoem = 2015-11-28}}</ref>
* [[Recreio (revista)|Recreio]] (a revista pertence a [[Editora Caras]] desde 2014)<ref name=":3" />
* [[Rede Elemídia]] (vendido para o fundo [[Victoria]])
* Revista Disney
* [[Revista MTV]] (extinto em 2007)
* Sou Mais Eu! (revista vendida à [[Editora Caras]] em 2014)<ref name=":3" />
* [[TV Abril]] (passou a se chamar [[Abril Radiodifusão]], foi vendida para o [[Grupo Spring de Comunicação|Grupo Spring]] em 2013)<ref name=":1" />
* [[UOL]] (vendido para o [[Grupo Folha]])
* Vip
* [[Vida Simples]] (revista vendida à [[Editora Caras]] em 2014)<ref name=":3" />
* Viva Mais (revista vendida à [[Editora Caras]] em 2014)<ref name=":3" />