Abrir menu principal

Alterações

== Simbologia ==
===Vestuário e arte===
No dia-a-dia, Inocêncio renunciou ao uso de vestuários luxuosos e passou a usar apenas uma túnica de lã branca sem adornos,{{sfn|Costa|2017|p=93}} porém, em ocasiões especiais, tal como sua posse como papa ou a presidência do IV Concílio de Latrão, as vestes não- litúrgicas de Inocêncio, tal como a dos papas nos séculos XI-XIII, consistiam em uma túnica branca, a "[[Alva (veste litúrgica)|alva romana]]" (''alba romana''), um longo manto vermelho, chamado de ''immantatio'' (ou ainda ''capa rubea'' ou ''clamys''),{{sfn|Bagliani|2000|p=85, 87}} o [[pálio]], o [[Fano (veste papal)|fano]] (desde o {{séc|XII}}){{sfn|Braun|1909|}} e uma forma primitiva de [[tiara papal]], que consistia num capacete de tecido branco, com [[ínfula]]s negras e um círculo revestido de joias na parte inferior, ao qual poderia ser apenas um ornamento ou uma coroa, não estando claro para a pesquisa histórica.{{sfn|Braun|1912|}}
 
O manto vermelho é citado pela primeira no século VIII na [[Doação de Constantino]] como uma imitação da [[púrpura imperial]] dos imperadores romanos, porém, o uso confirmado do manto passou a ser feito apenas por [[Gregório VII]] em [[1076]], que passou a usá-lo logo após sua eleição. No final do século XI, os ''Ordines'', isto é, manuais de liturgia, de Albino (1189) e de Cêncio (1192) apontam que imediatamente após a eleição do pontífice, o arquidiácono ou o decano dos diáconos impõe o manto vermelho no papa, como símbolo de sua dignidade e legitimidade.{{sfn|Bagliani|2000|p=85}} O próprio Inocêncio afirmou em um sermão sobre o [[Papa Gregório Magno]] que o vermelho papal é uma referência ao [[Sumo Sacerdote de Israel|sumo sacerdote do Antigo Testamento]], cujas vestes eram figura da veste papal.{{sfn|Bagliani|2000|p=86-87}} Inocêncio também passou a usar uma [[Hierofante (cruz)|cruz papal]] própria.{{sfn|Joyce|1911|}} Posteriormente, [[São Tomás de Aquino]] (1225–1274), vai interpretar a cruz papal introduzida por Inocêncio como um símbolo da suprema autoridade dos papas, pois, enquanto os bispos usam um [[báculo]] cuja parte superior é recurva, significando a limitação de seu poder e sua submissão ao papa, o papa usa uma cruz, pois seu poder é submisso apenas ao próprio Cristo.{{sfn|M. C. Costa|2016|p=489}} Dessa forma, em [[afresco]]s, [[pintura]]s, [[Vitral|vitrais]] e [[iluminura]]s Inocêncio é normalmente representado usando esse vestuário de sua época.
1 848

edições