Abrir menu principal

Alterações

m
Foram revertidas as edições de 87.196.80.207 para a última revisão de Chronus, de 00h04min de 28 de dezembro de 2018 (UTC)
 
=== Desigualdade de gênero ===
Segundo Ragadas,<ref>Reygadas, l. (2004): ''Las redes de la desigualdad: un enfoque multidimensional'', Política y Cultura</ref> um dos fatores centrais na construção das desigualdades tem sido a discriminação de gêneros. A discriminação sexual é estruturada nas distinções sociais e culturais entre homens e mulheres que convertem as diferenças sexuais biológicas em hierarquias de poder, ''status'' e renda. Também pode ser definido como a divisão de tarefas, posto de trabalho e profissões com base no feminino e masculino, essa prática, que era comum na sociedade começou a ser questionada apenas recentemente.<ref>''[http://books.google.com/books?id=sLPyuXVgwoAC Las nuevas fronteras de la desigualdad: hombres y mujeres en el mercado de trabajo]''. Icaria Editorial; 2000. ISBN 978-84-7426-465-4. p. 419.</ref> As consequências dessa desigualdade é que as mulheres ganham menos que os homens, ou homens a menos do que as mulheres (fazendo o mesmo trabalho, com o mesmo grau de ensino e mesmos horários). A sociedade salarial não é uma sociedade de igualdade, há uma grande diferença entre o rendimento gerado pelo homem em comparação à mulher e até mesmo o acesso aos bens sociais, por exemplo, acesso à educação e cultura.<ref>''[http://books.google.com/books?id=Znv75OWZU4EC Desigualdad y globalización: cinco conferencias]''. Ediciones Manantial; ISBN 978-987-500-060-5. p. 17.</ref> A ênfase na desigualdade de gênero nasce do aprofundamento da divisão em papéis atribuídos a homens e mulheres, particularmente nas esferas econômica, política e educacional. As mulheres estão sub-representadas em atividades políticas e tomada de decisão na maioria dos estados.<ref>{{citar web|url=http://www.un.org/womenwatch/daw/daw/index.html |título=About us |publicado=Un.org |data=2003-12-31 |acessodata=2013-07-17}}</ref>
 
=== Desigualdade racial ===
112 546

edições