Abrir menu principal

Alterações

m
sem resumo de edição
[[imagem:Sub-Saharan-Africa.png|thumb|300px|Mapa da [[África]] destacando a região subsaariana (verde)]]
 
A '''África''' {{PEPB|subsariana |subsaariana }}, antes impropriamente chamada '''África negra''' (termo em desuso) ,<ref>{{citar livro|título=Dicinário da Antiguidade Africana|ultimo=Lopes|primeiro=Nei|editora=Civilização Brasileira|ano=2011|local=Rio de Janeiro|páginas=|acessodata=}}</ref>, corresponde à parte do [[África|continente africano]] situada ao sul do [[Deserto do Saara]]. Chamada de subsaariana por estar ao sul (sub-) do Saara (-saariana). É constituída de quarenta e oito Estados, cujas fronteiras resultaram da [[Descolonização da África|descolonização]].
 
Com cerca de 9 milhões de quilômetros quadrados, o [[Deserto do Saara]], forma uma espécie de barreira natural que divide o continente africano em duas partes muito distintas quanto ao quadro humano e econômico. A norte do Saara, encontramos uma organização socioeconómica muito semelhante à do [[Médio Oriente|Oriente Médio]], formando um mundo [[Islamização|islamizado]]. Ao sul está a África subsariana, antigamente chamada 'África Negra', por [[europeus]] e [[árabes]], em razão da predominância, nessa região, de povos de [[pele]] mais escura; porém, tal terminologia é considerada essencialmente [[ideológica]].<ref>''[[Encyclopédie Larousse]]''. [https://www.larousse.fr/encyclopedie/autre-region/Afrique_noire/104185 Afrique subsaharienne. 1.3. Une notion idéologique commode]. {{citação| Le terme d'Afrique noire ne recouvre donc pas un concept, fût-il racial – on trouve des Noirs bien au-delà du 20<sup>e</sup> parallèle nord – il renvoie le plus souvent à une notion idéologique commode : il a souvent justifié la colonisation du continent.}} '''Tradução''': O termo 'África negra' não corresponde a um conceito, nem mesmo racial (pois encontramos negros muito além do [[paralelo 20 N]]) e, em geral, remete a uma noção ideológica cômoda que, frequentemente, justificou a [[Colonização da África|colonização do continente]].</ref><ref>[http://www.jeuneafrique.com/268178/politique/lafrique-pays-de-race-noire-geographie-racialiste-a-lusage-nuls-gilbert-collard/ « L’Afrique est un pays de race noire » : la géographie raciste à l’usage des nuls, par Gilbert Collard]. Por Jean-Sébastien Josset. ''Jeune Afrique'', 28 de setembro de 2015.</ref>