Abrir menu principal

Alterações

 
=== CNN Brasil ===
Em 14 de Janeiro de 2019, a [[CNN]] anunciou que fechou um acordo para licenciar sua marca no [[Brasil]]. A CNN Brasil será controlada por uma empresa liderada por [[Douglas Tavolaro]], ex-diretor de jornalismo da [[RecordTV]]. Segundo a ''[[Exame (revista brasileira)|Exame]]'', o canal quer começar a operar no começo do segundo semestre de 2019, tendo cerca de 400 vagas para jornalistas. Sua sede será em [[São Paulo]], com filiais em [[Rio de Janeiro|Rio De Janeiro]] e [[Brasília]] e o responsável por sua vinda ao Brasil foi o empresário [[Rubens Menin]], fundador e presidente do conselho da construtora [[MRV Engenharia|MRV]].<ref>{{Citar web|url=https://exame.abril.com.br/negocios/fundador-da-mrv-vai-trazer-operacao-da-cnn-para-o-brasil/|titulo=CNN terá canal no Brasil e prevê contratação de 400 jornalistas|data=2019-01-14|acessodata=2019-01-15|obra=EXAME|lingua=pt-BR}}</ref> Antes, em 2017, o canal fez parceria com a [[RedeTV!]] e a [[Simba Content]], formada também por [[SBT]] e [[RecordTV]], que não foi pra frente.<ref>https://telepadi.folha.uol.com.br/cnn-prepara-lancamento-de-canal-no-brasil-em-parceria-com-redetv/</ref>
 
== Ver também ==