Abrir menu principal

Alterações

À época foi construído ainda, na região, um [[hangar]] para os dirigíveis [[LZ 127 Graf Zeppelin|Zeppelin]], o [[Hangar do Zeppelin]]. A construção encontra-se tombada pelo [[Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]] ([[IPHAN]]), desde [[1998]], recebendo a inscrição de tombamento n<sup>o</sup> 550.<ref name="Base aérea de Santa Cruz: hangar de zepelins (Rio de Janeiro, RJ)">{{Citar web|url= http://www.iphan.gov.br/ans.net/tema_consulta.asp?Linha=tc_hist.gif&Cod=2626 |título= Livro do Tombo Histórico - Inscrição:550 |data=22 de novembro de 2008 |publicado= IPHAN }}</ref>
 
Com o intenso desenvolvimento do Rio de Janeiro, ocorrendo em todas as direções, foi inaugurada, em [[1975]], a Zona Industrial, fomentando fortemente a urbanização do bairro. Nela estão localizados os três importantes distritos industriais de Santa Cruz, [[Paciência (bairro do Rio de Janeiro)|Paciência]] e Palmares, onde se encontram em pleno funcionamento a [[Rolls Royce]], [[Casa da Moeda do Brasil]], Cosigua (Grupo [[Gerdau]]), Ternium, Primetals, [[Valesul]], [[White Martins]], [[Glasurit]] e a [[Usina de Santa Cruz]], uma das maiores termelétricas a óleo combustível da [[América Latina]], com capacidade instalada de 950 MW.<ref>{{citar web|url=http://www.furnas.com.br/hotsites/sistemafurnas/usina_term_stacruz.asp|título=Usina termelétrica de Santa Cruz|autor=Furnas|data=|publicado=Furnas|acessodata=16/04/2014}}</ref>
 
No começo da [[década de 1980]], foram construídos diversos conjuntos habitacionais pela [[Companhia Estadual de Habitação]] (CEHAB) que aumentaram consideravelmente a população do bairro, dando-lhe características de [[cidade dormitório|bairro dormitório]].<ref>{{citar web|url=http://portalgeo.rio.rj.gov.br/armazenzinho/web/BairrosCariocas/main_Bairro.asp?bairro=SantaCruz&area=149&tipo=click|título=Santa Cruz|autor=Armazenzinho|data=|publicado=Portal GeoRio|acessodata=16/04/2014}}</ref>
Utilizador anónimo