Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
[[Imagem:A corridor of files at The National Archives.jpg|rightdireita|150px|thumbminiatura|"Embora sua tarefa essencial seja servir aos interesses da esfera governamental e preservar e disponibilizar provas para a proteção de direitos dos cidadãos, um arquivo nacional tem responsabilidades muito mais abrangentes, dentre as quais se destaca seu papel como fonte de esclarecimento e aperfeiçoamento de todos os segmentos da sociedade."<br /> ''James B. Rhoads''.]]
Um '''Arquivo Nacional''' é o [[arquivo]] ligado à administração pública de um [[Estado-nação]]. O conceito de arquivo nacional evoluiu a partir da necessidade criada pela sistematização [[burocracia|burocrática]] da administração do Estado e a consequente conservação dos [[documento]]s produzidos.
 
Desde a [[Idade Média]] até o início da [[Idade Moderna]] os documentos produzidos por instituições reais ou religiosas eram por [[antonomásia]] "bastiões de autenticidade" para questões [[política]]s ou [[genealogia|genealógicas]].<ref>{{citar periódico|título=The Sciences of the Archive|primeiro =Lorraine|último =Daston|periódico=Osiris|volume=27|número=1|ano=2012|publicado=History of Science Society|url=http://www.jstor.org/stable/10.1086/667826|p=171}}</ref> Com o advento do [[Iluminismo]], a maneira de estudar fatos históricos pelo [[método científico]] em detrimento de uma literatura memorialista, trouxeram os arquivos ao centro do pesquisa histórica séria.<ref>{{citar livro|título=Processing the Past:Contesting Authority in History and the Archives|author1-last=Blouin|author1-first=Francis X.|author2-last=Rosenberg|author2-first=William G.|publicado=[[Oxford University Press]]|isbn=9780199964086|ano=2011|url=http://books.google.com/books?id=S6v9rqWQ9WMC|ref=harv}}</ref>
 
No fim do [[século {{Séc|XVIII]]}}, a guarda de documentos foi dividida. Os registros mais recentes foram incorporados aos ''archives courantes'' ([[arquivo corrente]]), enquanto que documentos antigos de importância histórico-cultural foram para a custódia dos ''archives historiques'' ([[arquivo permanente|arquivos históricos]]), formando assim o núcleo conceitual que deu origem à ideia ocidental de um "arquivo nacional".<ref>Millar, Laura A. (2010). Archives:principles and practices. New York: Neal-Schurman Publishers. {{ISBN|9781555707262}}</ref>
 
== Alguns arquivos nacionais ==
* [[Arquivo Nacional da Alemanha]]
* [[Arquivo Histórico Nacional de Angola]]
* [[Arquivo Nacional (Brasil)|Arquivo Nacional do Brasil]]
* [[Arquivo Histórico Nacional de Cabo Verde]]
* [[Biblioteca e Arquivos do Canadá|Arquivo Nacional do Canadá]]
* [[Arquivo Nacional da Escócia]]
* [[Arquivo Histórico da Guiné-Bissau]]
* [[Arquivo Nacional dos Países Baixos]]
* [[Arquivo Nacional Torre do Tombo|Arquivo Nacional de PortugalMacau]]
* [[Arquivo Histórico de Moçambique]]
* [[Arquivo Nacional da Torre do Tombo|Arquivo Nacional de Portugal]]
* [[Arquivos Nacionais (Reino Unido)|Arquivo Nacional do Reino Unido]]
* [[Arquivo Histórico de São Tomé e Príncipe]]
* [[Arquivo Nacional de Timor-Leste]]
 
{{referênciasReferências}}
 
{{Portal3|Cultura}}
 
[[Categoria:Arquivos nacionais| ]]