Diferenças entre edições de "Iemanjá"

707 bytes removidos ,  13h28min de 8 de fevereiro de 2019
Correção de erro
(Correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
Para recuperar sua esposa, Okerê decidiu interferir no curso do rio, ao se transformar em uma montanha. Mas com a ajuda de seu filho Xangô (que abriu passagem no meio dos vales criados por Okerê), Iemanjá conseguiu seguir seu caminho, tornando-se então a Rainha do Mar.
 
==Uruguai==
Em [[Montevidéu]], fiéis se reúnem na praia de Ramirez no bairro [[Parque Rodó]] a cada 2 de fevereiro para celebrar o Dia de Iemanjá.<ref>[http://guruguay.com/uruguay-festivals-celebrations-yemanja/ Uruguay Festivals – Day of the Goddess of the Sea, Guru'guay]</ref> Centenas de milhares de pessoas se sentam à espera do pôr do sol antes de lançar pequenos barcos com oferendas para o oceano.
 
Em 2015, o governo uruguaio estimou que 100 000 pessoas<ref>[http://www.subrayado.com.uy/Site/noticia/41600/promueven-ofrendas-biodegradables-para-iemanja Así se vivió la fiesta de Iemanjá en la costa de Montevideo, Subrayado, Feb 3 2015]</ref> visitaram a praia para as celebrações.
 
== Cuba ==
16

edições