Diferenças entre edições de "Ceição de Barros Barreto"

271 bytes adicionados ,  20h22min de 9 de fevereiro de 2019
m
sem resumo de edição
(→‎Livros: Percy Lau, foi o ilustrador do livro sobre os símbolos nacionais)
m
 
'''Ceição de Barros Barreto''' (Nasceu[[Pernambuco]], {{ondedni|1=|2=|3=1885|4=si|lang=br}}, Data– [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]], {{quandomorte|1=|2=|3=1984|4=|5=|6=1885|lang=br}}),<ref name=anos>SOUTO MAIOR, Mário. Dicionário de folcloristas brasileiros. 2. ed. rev. atual. Goiânia: Kelps, 2000. p. 54.</ref> foi uma professora de música e Canto Orfeônico, pesquisadora e escritora brasileira que trabalhou no [[Instituto de Educação do Rio de Janeiro]] nos anos de 1930. <ref>FELIZ, Júlio da Costa. Consonâncias e Dissonâncias de um canto coletivo: A história da disciplina Canto Orfeônico no Brasil. Dissertação de mestrado. [[Universidade Federal de Mato Grosso do Sul]], outubro de 1998.</ref>.
 
Em 1942 lança um livro onde denuncia erros nas apresentações musicais de hinos brasileiros, notadamente com o [[Hino Nacional Brasileiro]], como se vê na citação de Susana Cecilia Irayara: "Ceição de Barros Barreto também voltou-se para a execução do Hino Nacional em ''Estudo sobre Hinos e Bandeira do Brasil'' (1942). Detalha os erros mais frequentes observados na execução cantada e, com isso, torna-se uma fonte importante para o estudo das práticas musicais escolares, pois indica o “certo” e o“errado”(...)".<ref>IGAYARA, Susana Cecilia. [http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002756495.pdf As professoras de música na época de Villa-Lobos]. Simpósio realizado entre 23 a 25 de novembro de 2012. [[ Universidade de São Paulo]].</ref>
* A margem do repertório coral
* Ensaio de estética e apresentação musical
 
{{Referências}}
 
{{controle de autoridade}}
 
[[Categoria:Músicos do Brasil]]
23 873

edições