Abrir menu principal

Alterações

1 017 bytes adicionados ,  14 fevereiro
→‎Fim da Produção: foi incluido um paragrafo falando sobre o fim da produção do A380 anunciado em 14/02/19, o periodo de produção tambem foi alterado para finalizado em 2021, conforme o anuncio da Airbus
|país de origem = {{GER}}<br /> {{FRA}}<br /> {{GBR}}<br /> {{ESP}}
|fabricante = [[EADS]] [[Airbus]]
|produção = [[2004]]–presente–[[2021]]
|quantidade = 214<ref name=Airbus_O_D>{{citar web|título= Orders & Deliveries |url=http://www.aircraft.airbus.com/market/orders-deliveries/ |publicado=Airbus |data= 1 de julho de 2017 |acessodata= 30 de agosto de 2017}}</ref>
|custo = [[Dólar americano|US$]] 432.6 milhões<ref name="Airbus_prices">{{citar web|url= http://www.airbus.com/newsevents/news-events-single/detail/new-airbus-aircraft-list-prices-for-2016/|título= New Airbus aircraft list prices for 2016|publicado=Airbus |data= 13 de janeiro de 2016 |acessodata=20 de junho de 2016|língua= inglês}}</ref>
 
Apesar de admitir em Janeiro de 2018 que poderia parar a linha de montagem do modelo<ref>{{Citar web|url=https://oglobo.globo.com/economia/sem-novos-pedidos-airbus-pode-parar-de-produzir-a380-maior-aviao-de-passageiros-do-mundo-22289540|titulo=Sem novos pedidos, Airbus pode parar de produzir o A380, maior avião de passageiros do mundo|data=2018-01-15|acessodata=2019-01-14|obra=O Globo|lingua=pt-BR}}</ref>, após receber um pedido de mais 20 aeronaves da [[Emirates (companhia aérea)|Emirates]] a Airbus acredita que a produção dure até 2029, pois seguindo a tendencia do mercado de a cada 15 anos dobrar o numero de pessoas transportadas por modal aéreo, a fabricante ainda aposta na venda em maior escala do modelo a partir de meados dos anos 20 em diante, quando acredita que a operação entre grandes Hubs da Asia, Europa e America do Norte, podem criar a demanda necessária para o A380 ser rentável para as companhias aéreas. Até lá, para evitar grandes prejuízos econômicos, anunciou a redução gradual no numero de aeronaves produzidas anualmente. Tendo entregue apenas 10 em 2018 e prometendo a entrega de mais 8 em 2019.<ref name=":0" />
 
== Fim da produção ==
Em Fevereiro de 2019, após a redução do ultimo pedido da Emirates, que substituiu parte do pedido por 70 aeronaves dos modelos A350 e o novo A330neo, Tom Enders, então CEO da Airbus, anunciou o fim da produção do A380, e entregará sua ultima unidade em 2021. Até 3500 pessoas podem ser afetadas pelo fim da linha de produção e montagem.<ref name=":3">{{Citar web|titulo=End of the superjumbo: Airbus is giving up on the A380|url=https://www.cnn.com/2019/02/14/business/a380-airbus-news-emirates/index.html|obra=CNN|acessodata=2019-02-14|primeiro=Jethro Mullen and Charles Riley, CNN|ultimo=Business}}</ref>
 
Tendo entregue 234 unidades até o inicio de 2019, a Airbus atingiu menos de 20% dos planos originais de vender 1200 aeronaves do modelo.<ref name=":3" />
 
Com a drástica redução da produção do Boeing 747-8, a era dos "superjumbos" de 4 motores parece estar chegando ao fim, com a produção se focando em bimotores mais eficientes com alcance global.<ref name=":3" />
 
== Operadores ==
Utilizador anónimo