Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
* '''Acusticamente:''' o ''som'' do alto-falante do telefone é captado pelo microfone do aparelho auditivo.
*'''Eletromagneticamente:''' o ''sinal'' dentro do alto-falante do telefone é captado pela "bobina telefônica", "''telecoil''" ou "''T-coil''", um circuito especial de fios dentro do aparelho auditivo.
 
Note que a bobina telefônica não é como o sinal de rádio em um celular ou telefone sem fio: o sinal de áudio captado pela bobina telefônica funciona como um fraco campo magnético gerado pela bobina de voz no alto-falante do telefone, enquanto ele empurra o cone do alto-falante para frente e para trás.
 
O modo eletromagnético (bobina telefônica) é geralmente mais eficaz do que o método acústico. Isto ocorre principalmente porque o microfone, muitas vezes, desliga-se automaticamente quando o aparelho auditivo está operando no modo bobina telefônica, de modo que o ruído de fundo não é amplificado. Uma vez que existe uma ligação eletrônica com o telefone, o som é mais claro e a distorção é menos provável. Mas para que isso funcione, o telefone tem de ser compatíveis com próteses auditivas. Mais tecnicamente, o alto-falante do telefone tem de ter uma bobina de voz que gera um [[campo eletromagnético]] relativamente forte. Alto-falantes com bobina de voz forte são mais caros e requerem mais energia do que as fracas, usadas em muitos telefones modernos; telefones com alto-falantes de baixa potência não podem se conectar eletromagneticamente com a bobina telefônica do aparelho auditivo, de modo que o aparelho auditivo deverá, em seguida, alternar para o modo acústico. Além disso, muitos telefones celulares emitem altos níveis de ruído eletromagnético que causa [[estática]] audível no aparelho auditivo quando a bobina telefônica é usada. Uma solução que resolve esse problema em muitos celulares é ligar um fone de ouvido (não ''Bluetooth'') no telefone celular, com o fone de ouvido colocado perto do aparelho auditivo, o telefone pode ser mantido longe o suficiente para atenuar a estática. Outro método é usar a estrada direta de áudio, no qual o som viaja diretamente do seu telefone, até o aparelho auditivo.<ref name=":9">{{cite web|last=Mestayer|first=Kathi|title=Staff Writer|url=http://online.qmags.com/HH1013?pg=1&mode=2#pg32&mode2|publisher=Hearing Health Magazine|accessdate=13 February 2014|deadurl=no|archiveurl=https://web.archive.org/web/20140222163026/http://online.qmags.com/HH1013?pg=1&mode=2#pg32&mode2|archivedate=22 February 2014|df=dmy-all}}</ref>
21

edições