Abrir menu principal

Alterações

m
remoção de navecaixa, replaced: ==Ligações externas== → == Ligações externas ==, typos fixed: anti-c → antic
 
== Etimologia ==
{{APArtigo principal|prefixo=Mais informações|[[wikt:Japão#Etimologia|Etimologia para a palavra "Japão" no Wikcionário]]}}
 
Os nomes [[Língua japonesa|japoneses]] para "Japão" são {{Japonês|''Nippon''|にっぽん}}, {{Audio|ja-nippon(日本).ogg|escutar}}, e {{japonês|''Nihon''|にほん}}, {{Audio|ja-nihon(日本).ogg|escutar}}. Ambos são escritos em japonês usando o [[kanji]] {{japonês||'''日本'''}}. O nome japonês ''Nippon'' é usado de forma oficial, inclusive no [[Iene|dinheiro japonês]], [[Selo postal|selos postais]] e para muitos eventos esportivos internacionais. ''Nihon'' é um termo mais casual e mais frequentemente utilizados no discurso contemporâneo. Os japoneses se referem a si mesmos como {{Japonês|''Nihonjin''|日本人}} e chamam sua língua {{Japonês|''Nihongo''|日本語}}.<ref>{{citar web|url=http://www.wordiq.com/definition/Nippon_and_Nihon|titulo=Nippon and Nihon - Definition|acessodata=3 de agosto de 2010|publicado=WordIQ|lingua=inglês}}</ref>
 
== História ==
{{APArtigo principal|História do Japão}}
 
=== Pré-história e antiguidade ===
[[imagem:Satellite View of Japan 1999.jpg|thumb|[[Imagem de satélite]] do [[arquipélago japonês]]]]
 
{{APArtigo principal|Geografia do Japão}}
O Japão é um país [[insular]] que se estende ao longo da costa leste da [[Ásia]]. O litoral marítimo do Japão é aproximadamente quatro vezes maior que o brasileiro.<ref name="cia">Central Intelligence Agency. [https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/ja.html The World Factbook]. Visitado em 5 de março de 2007.</ref> As ilhas principais, de norte para sul, são: [[Hokkaido]], [[Honshu]], [[Shikoku]] e [[Kyushu]]. Além destas maiores, o Japão inclui mais de seis mil outras menores, parte das quais constituem as ilhas [[Riukyu]], inclusive [[Okinawa]], que se estendem a sudoeste de Kyushu até perto de [[Ilha de Taiwan|Taiwan]].<ref>{{citar web|url=http://www.portaljapao.org.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=26|titulo=Conheça o Japão|acessodata=3 de agosto de 2010|publicado=PortalJapão|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100705080209/http://www.portaljapao.org.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=26#|arquivodata=5 de julho de 2010|urlmorta=yes}}</ref>
 
 
=== Meio ambiente ===
[[FicheiroImagem:Lake chuzenji and kegon waterfall.jpg|esquerda|thumb|As [[Cataratas de Kegon]] e o [[Lago Chuzenji]] no [[Parque Nacional de Nikkō]].]]
[[FicheiroImagem:LakeAshi and MtFuji Hakone.JPG|thumb|esquerda|[[Monte Fuji]] visto do [[Lago Ashi]] no [[Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu]].]]
 
A história ambiental do Japão e as políticas atuais refletem um equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a proteção ambiental. No rápido crescimento econômico após a [[Segunda Guerra Mundial]], as políticas ambientais foram minimizadas pelas empresas do governo e industriais. Como consequência inevitável, certa poluição ambiental crucial ocorreu nos anos 1950 e anos 1960. Na preocupação crescente sobre o problema, o governo introduziu muitas leis de proteção ambiental em 1970 e estabeleceu o Ministério do Meio Ambiente em 1971.<ref>{{citar web | url=http://www.erca.go.jp/taiki/history/ko_syousyu.html | título=日本の大気汚染の歴史 | publicado=Environmental Restoration and Conservation Agency | acessodata=25 de julho de 2010 | arquivourl=https://web.archive.org/web/20110501085231/http://www.erca.go.jp/taiki/history/ko_syousyu.html# | arquivodata=1 de maio de 2011 | urlmorta=yes }}</ref>
 
Como signatário do [[Protocolo de Quioto]] e anfitrião da conferência de 1997 que o criou, o Japão é tratado no âmbito de obrigações de reduzir suas emissões de [[dióxido de carbono]] e tomar outras medidas relacionadas como combater as alterações climáticas. A campanha ''[[Cool Biz]]'' introduzida pelo antigo primeiro-ministro [[Junichiro Koizumi]] foi orientada a reduzir o [[consumo de energia]] através da redução da utilização do [[ar condicionado]] nos escritórios do governo. O Japão se prepara para forçar a indústria a fazer grandes cortes nos [[gases do efeito estufa]], tomando a liderança de um país que luta para cumprir suas obrigações do Protocolo de Quioto.<ref>{{citar web |autor=WBCSD |url=http://www.wbcsd.org/plugins/DocSearch/details.asp?type=DocDet&ObjectId=MzAyNzQ |titulo=World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) |publicado=WBCSD |data= |acessodata=20/11/2009 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20090104200639/http://www.wbcsd.org/plugins/DocSearch/details.asp?type=DocDet&ObjectId=MzAyNzQ# |arquivodata=04/01/2009 |urlmorta=yes }}</ref> O país é classificado na 20º posição no mundo no [[Índice de Desempenho Ambiental]] de 2010.<ref>{{citar web|url=http://epi.yale.edu/Countries|titulo=Environmental Performance Index 2010: Country scores|publicado=yale.edu|lingua=inglês|acessodata=1 de agosto de 2010|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100413233353/http://epi.yale.edu/Countries/#|arquivodata=13 de abril de 2010|urlmorta=yes}}</ref>
[[FicheiroImagem:Japan Factory Ship Nisshin Maru Whaling Mother and Calf.jpg|thumb|Uma [[baleia]] e um filhote sendo carregados para dentro de um [[barco-fábrica]], o ''[[Nisshin Maru]]''.]]
 
Em 2010, o país que contribui para o desmatamento fora de seu território, em nações de florestas tropicais, por exemplo, comprometeu-se a reduzir o desmatamento e a degradação ambiental, doando, ao lado de outros países, cerca de 3,5 bilhões de dólares.<ref>{{citar web|url=http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/paises-lancam-parceria-para-preservar-florestas/|titulo=Países lançam parceria para preservar florestas|publicado=Mercado Ético|acessodata=6 de agosto de 2010|arquivourl=https://web.archive.org/web/20110615082434/http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/paises-lancam-parceria-para-preservar-florestas/|arquivodata=15 de Junho de 2011|urlmorta=yes}}</ref><ref>{{citar web|url=http://pt.mongabay.com/rainforests/0817.htm|titulo=Riquezas em Perigo—Florestas Tropicais Ameaçadas|publicado=Mogabay|acessodata=6 de agosto de 2010}}</ref> Em contrapartida, sua área florestal intacta ou replantada cobre 70% do território nacional, preservação esta comparada apenas aos países escandinavos.<ref>{{citar web|url=http://correiogourmand.com.br/roteiros_internacionais_japao_02_o_pais.htm|titulo=Japão - a terra do Sol nascente|publicado=Caderno Japão|acessodata=6 de agosto de 2010}}{{Ligação inativa|data=janeiro de 2019}}</ref>
 
A [[caça à baleia no Japão]] em uma escala industrial começou por volta da década de 1890 quando o país começou a participar da indústria moderna da pesca da baleia, na época uma indústria da qual muitos países participavam.<ref>{{citar web |url=http://www.seashepherd.fr/news-and-media/editorial-060627-1.html |título=The Truth about "Traditional" Japanese Whaling |primeiro=Paul |último=Watson |publicado=Sea Shepherd France |data=27 de junho de 2006 |acessodata=29 de agosto de 2018 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130601115117/http://www.seashepherd.fr/news-and-media/editorial-060627-1.html# |arquivodata=1 de junho de 2013 |urlmorta=yes }}</ref> Estas atividades historicamente se estenderam para fora das águas territoriais japonesas. Durante o século XX, o Japão esteve intensamente envolvido na pesca comercial da baleia. Isto continuou até que a moratória da Comissão Internacional da Pesca da Baleia (IWC) entrasse em efeito em 1986. O Japão, no entanto, continuou a caçar baleias usando a previsão de pesquisa científica no acordo.<ref name="bbc.782697">{{citar jornal|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/782697.stm |primeiro =Alex |último =Kirby |título=Whaling ban set to end |publicado=BBC News |data=11 de junho de 2000 }}</ref> A carne dessas baleias caçadas com propósitos científicos é vendida em lojas e restaurantes.<ref>{{citar jornal|url=http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jXjpaZ912uoeLiMQYgIdg6HsXzTg |título=Anti-whaling activist faces arrest on arrival in Japan |agência=AFP |data=11 de março de 2010 |urlmorta= sim|arquivodata=31/01/2014|arquivourl=http://web.archive.org/web/20140131045439/http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jXjpaZ912uoeLiMQYgIdg6HsXzTg }}</ref> A prática é uma fonte de conflito entre os países e organizações anti-caçaanticaça à baleia. Países, cientistas e organizações ambientais contrárias à caça à baleia consideram o programa de pesquisa japonesa como desnecessário e que é uma operação comercial de caça à baleia disfarçada.<ref name="nytimesletter">{{citar web |último1 =Briand |primeiro1 =F |último2 =Colborn |primeiro2 =T |último3 =Dawkins |primeiro3 =R |último4 =Diamond |primeiro4 =J |último5 =Earle |primeiro5 =S |último6 =Gomez |primeiro6 =E |último7 =Guillemin |primeiro7 =R |último8 =Klug |primeiro8 =A |último9 =Konishi |primeiro9 =M |displayauthors =9 |url =http://www.baleinesendirect.net/pdf/whaling-letter_to_NY_Times.pdf |formato =PDF |título =An Open Letter to the Government of Japan on "Scientific Whaling" |obra =New York Times |data =20 de maio de 2002 |arquivourl =https://web.archive.org/web/20070819151058/http://www.baleinesendirect.net/pdf/whaling-letter_to_NY_Times.pdf# |arquivodata =19/08/2007 |acessodata =29/08/2018 |urlmorta =yes }}</ref><ref name="timesonline.co.uk">{{citar jornal|último =Larter |primeiro =Paul |título=Australia condemns bloody killing of whale and calf by Japanese fleet |obra=The Times |local=London |data=8 de fevereiro de 2008 |url=http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/asia/article3325580.ece }}</ref><ref name="bloomberg.com">{{citar jornal|último =Biggs |primeiro =Stuart |título=Kyokuyo Joins Maruha to End Whale Meat Sales in Japan |publicado=Bloomberg |data=30 de maio de 2007 |url=http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601101&sid=aPhG1CfyPue0}}</ref><ref>{{citar jornal|url=http://www.time.com/time/world/article/0,8599,1686486,00.html |primeiro =Toko |último =Sekiguchi |título=Why Japan's Whale Hunt Continues |obra=Time |data=20 de novembro de 2007 }}</ref>
 
== Demografia ==
{{APArtigo principal|Demografia do Japão}}
 
Mais de 95% da população japonesa tem origem no [[arquipélago]]. Os japoneses são descendentes de povos [[jomon]], [[yayoi]] e [[ainus]] que se estabeleceram no arquipélago nipônico durante milhares de anos. Os Jomons foram os primeiros a desenvolver [[civilização]] no arquipélago, o povo [[Nomadismo|nômade]] Yayoi se estabeleceu na região Central do Japão, e os Ainus ao Norte do país.<ref name=POP>{{citar web|url=http://www.voyagesphotosmanu.com/populacao_japonesa.html|titulo=A população japonesa e a demografia ao Japão|acessodata=4 de agosto de 2010|publicado=Fotografias e imagens de viagens}}</ref> O restante da população do Japão é composta por [[Imigração|imigrantes]] de origem [[Coreanos|coreana]], [[Chineses|chinesa]] e [[Brasileiros|brasileira]], entre outros.<ref>{{citar web | url=https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/ja.html#People | título=Cia World FactBook - People of Japan | acessodata=30 de novembro de 2012}}</ref>
=== Idiomas ===
[[Imagem:Japanese_dialects-en.png|thumb|Mapa dos [[dialetos japoneses]].]]
{{APArtigo principal|Língua japonesa}}
 
Mais de 99% da população fala o [[Língua japonesa|japonês]] como primeira língua.<ref name="ciapeople" /> É uma [[língua aglutinante]] distinguida por um sistema de honoríficos refletindo a natureza [[hierárquica]] da sociedade japonesa, com formas verbais e vocabulários particulares que indicam o estatuto relativo do falante e do ouvinte. Segundo um dicionário japonês ''Shinsen-kokugojiten'', palavras baseadas no chinês compõem 49,1% do vocabulário total, as palavras indígenas são 33,8% e [[Empréstimo (linguística)|empréstimos]] outros 8,8%.<ref>{{citar livro | titulo=Shinsen-kokugojiten (新選国語辞典) | editora= [[Kyōsuke Kindaichi]] | local= [[Shogakukan]] | data= 2001 | isbn= 4-09-501407-5}}</ref>
 
=== Imigração e emigração ===
[[FicheiroImagem:Japanese Brazilian Center Educational Institute in Oizumi.JPG|thumb|Escola [[Imigração brasileira no Japão|nipo-brasileira]] em [[Oizumi]].]]
Em 2004 o Ministério da Justiça do Japão estimou o número de estrangeiros legais em quase dois milhões sendo estes principalmente [[coreanos]], [[chineses]], [[República da China|taiwaneses]], [[Nipo-brasileiro|brasileiros]] e [[filipinos]]. As outras minorias são, [[peru]]anos, [[Estados Unidos|norte-americanos]], [[ingleses]], [[Tailândia|tailandeses]], [[australianos]], [[canadenses]], [[Índia|indianos]], [[Irão|iranianos]], [[russos]], entre outros.<ref>MInistério da Justiça do Japão. [http://www.moj.go.jp/ENGLISH/IB/ib-01.html Registro de estrangeiros]. Visitado em 12 de Agosto de 2007.</ref>
 
 
=== Religião ===
{{APArtigo principal|Religião no Japão}}
[[imagem:Itsukushima Gate.jpg|thumb|esquerda|[[Santuário de Itsukushima]], um [[Patrimônio da Humanidade]] pela [[UNESCO]]]]
 
 
== Política ==
{{APArtigo principal|Política do Japão}}
{{Imagem Dupla|right|Emperor Akihito cropped 2 Barack Obama Emperor Akihito and Empress Michiko 20140424 1.jpg|150|Shinzo Abe (2017).jpg|165|[[Akihito]], o [[Imperador do Japão]].|[[Shinzō Abe]], o atual [[Primeiro-ministro do Japão|primeiro-ministro do país]].}}
 
 
=== Relações internacionais ===
{{APArtigo principal|Missões diplomáticas do Japão}}
 
O Japão se destaca na política internacional por ser membro do [[G8]], da [[APEC]], da [[ASEAN|ASEAN+3]] e participante da Cúpula do Leste da Ásia. O país é também o segundo maior doador para Assistência Oficial para o Desenvolvimento, com 0,19% do seu [[produto nacional bruto|PNB]] em 2004.<ref>Organisation for Economic Co-operation and Development (11 de Abril de 2005). [http://www.oecd.org/dataoecd/40/3/35389786.pdf Table: Net Official Development Assistance In 2004]. PDF (32,97 KB). Visitado em 29 de Junho de 2007.</ref>
 
=== Forças armadas ===
{{APArtigo principal|Forças de Autodefesa do Japão}}
[[imagem:US Navy 051115-N-8492C-125 The Japan Maritime Self-Defense Force (JMSDF) destroyer JDS Kongou (DDG 173) sails in formation with other JMSDF ships and ships assigned to the USS Kitty Hawk Carrier Strike Group.jpg|thumb|esquerda|[[Contratorpedeiro]] da [[Classe Kongō]] da [[Força Marítima de Autodefesa do Japão]]]]
 
 
== Divisões administrativas ==
{{APArtigo principal|Subdivisões do Japão}}
 
Ainda que tradicionalmente o Japão seja dividido em [[lista de regiões do Japão|oito regiões]], administrativamente o país é formado por 47 [[Províncias do Japão|prefeituras]], cada uma com um governador, um legislativo e uma burocracia administrativa.<ref>{{citar web|url=http://www.portalbrasil.net/asia_japao.htm|titulo=Japão|acessodata=4 de agosto de 2010|publicado=PortalBrasil}}</ref> A antiga cidade de [[Tóquio]] foi dividida em 23 [[Bairros de Tóquio|bairros especiais]], cada um com os mesmos poderes de uma [[cidade]].<ref>{{citar web|url=http://dreamguides.edreams.pt/japao/toquio|titulo=Tóquio, Japão - Guia de Viagem|acessodata=4 de agosto de 2010|publicado=Guia de viagem Dreamguide}}</ref> No momento o país passa por uma reestruturação administrativa que unirá entre si a maioria das cidades e povoados. Este processo reduzirá o número de regiões administrativas e de subprefeituras e espera-se que corte gastos.<ref>MABUCHI, Masaru (Maio de 2001). [http://siteresources.worldbank.org/WBI/Resources/wbi37175.pdf ''Municipal Amalgamation in Japan'']. PDF (58,58 KB). Banco Mundial. Visitado em 28 de Dezembro de 2006.</ref>
 
== Economia ==
{{APArtigo principal|Economia do Japão}}
 
[[imagem:Tosho Arrows.jpg|thumb|upright|Interior da [[Bolsa de Valores de Tóquio]]]]
=== Turismo ===
[[Imagem:Chuurei-tou Fujiyoshida 17025277650 c59733d6ba o.jpg|thumb|[[Pagode (templo)|Pagode]] ''Chūrei-tō'' e [[Monte Fuji]] ao lado de [[cerejeira]]s no parque de Arakurayama Sengen, [[Fujiyoshida]], [[Yamanashi]].]]
{{APArtigo principal|Turismo no Japão}}
Em 2008, o Japão atraiu 8,3 milhões de visitantes estrangeiros, pouco mais que a [[Singapura]] e [[República da Irlanda|Irlanda]].<ref>{{citar web
|url = http://www.tourismroi.com/Content_Attachments/27670/File_633513750035785076.pdf
 
=== Educação ===
{{APArtigo principal|Educação no Japão}}
{{Imagem múltipla
| align = left
 
=== Mídia e telecomunicações ===
{{APArtigo principal|Mídia no Japão}}
{{Imagem múltipla
| align = right
 
=== Criminalidade e segurança ===
{{APArtigo principal|Criminalidade no Japão}}
 
[[imagem:Japan-Yakuza-Sanja Matsuri-01.jpg|thumb|upright|Os [[yakuza]] são conhecidos por terem seus corpos quase inteiramente tatuados]]
 
== Cultura ==
{{APArtigo principal|Arquitetura do Japão{{!}}Arquitetura|Cultura do Japão}}
 
[[imagem:Himeji Wikipedia 2 ( NUB1975).jpg|thumb|esquerda|[[Castelo de Himeji]], um [[Patrimônio da Humanidade]] pela [[UNESCO]].]]
 
=== Música e dança ===
{{APArtigo principal|Música do Japão}}
[[Imagem:KotoPlayer.jpg|thumb|Masayo Ishigure tocando um [[koto]] de treze cordas.]]
 
A música do Japão também é eclética, emprestando instrumentos, escalas e estilos de culturas vizinhas. Muitos instrumentos como o ''[[koto]]'', foram introduzidos nos séculos IX e X. O acompanhamento do ''[[noh]]'' data do {{séc|XIV}} e a popular tradicional música com o ''[[sangen|shamisen]]'' do XVI. A música ocidental, introduzida em fins do {{séc|XIX}}, agora é parte da cultura. O Japão do pós-guerra foi muito influenciado pela música contemporânea dos Estados Unidos e da Europa, o que levou ao desenvolvimento do estilo japonês chamado [[J-pop]] (música popular japonesa) e música [[Enka]] (música tradicional japonesa).<ref>The Observer. [http://observer.guardian.co.uk/omm/story/0,,1550807,00.html J-Pop History]. Visitado em 1 de Abril de 2007</ref> O [[karaokê]] é a prática cultural mais comum.<ref>{{citar web|url=http://madeinjapan.uol.com.br/2006/01/09/karaoke/|titulo=Karaokê|acessodata=3 de agosto de 2010|publicado=UOL|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100324122949/http://madeinjapan.uol.com.br/2006/01/09/karaoke/|arquivodata=24 de Março de 2010|urlmorta=yes}}</ref>
 
=== Literatura e cinema ===
{{APArtigo principal|Literatura do Japão{{!}}Literatura|cinemaCinema do Japão}}
 
[[imagem:Japanese-Calligraphy-art.jpg|thumb|Exemplo de [[Shodō|caligrafia japonesa]] (書道 ''shodō'').]]
 
=== Culinária ===
{{APArtigo principal|Culinária do Japão}}
 
[[imagem:Breakfast_at_Tamahan_Ryokan,_Kyoto.jpg|esquerda|thumb|[[Kaiseki|Culinária Kaiseki]]]]
 
=== Artes ===
{{APArtigo principal|Arte do Japão}}
 
[[imagem:The Great Wave off Kanagawa.jpg|thumb|[[Xilogravura]] ''"[[A Grande Onda de Kanagawa]]"'']]
 
=== Esportes ===
{{APArtigo principal|Esporte no Japão}}
 
[[imagem:Japo Tokyo 0524.jpg|thumb|esquerda|Uma cerimônia antes de um torneio de [[sumô]] em [[Tóquio]]]]
{{Referências|col=3}}
 
== Ligações externas ==
{{Correlatos
|commonscat=Japan
|japão
|Ásia
 
|Nações Antárticas
|Países desenvolvidos
 
101 328

edições