Diferenças entre edições de "Programa Flagship"

12 bytes adicionados ,  03h03min de 23 de fevereiro de 2019
m
Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes
m (→‎Situação atual: peq. ajustes utilizando AWB)
m (Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes)
 
O Programa inclui o [[Mars Science Laboratory]], a espaçonave [[Cassini-Huygens]], a espaçonave [[Galileu (sonda espacial)|Galileu]] e as sondas [[Programa Voyager|Voyager]]. As últimas marcaram a linha de transição entre as missões originais não-tripuladas da NASA, que foram criadas e organizadas como uma série de missões relacionadas à alvos específicos como as sondas [[Programa Mariner|Mariner]] e [[Programa Pioneer|Pioneer]], os pousadores [[Programa Viking|Viking]] e [[Programa Surveyor|Surveyor]] e os [[satélite]]s [[Programa Ranger|Ranger]], e o moderno programa de exploração da NASA que inclui o Flagship. No início da década de 90, a NASA tomou a decisão de, ao invés de uma centralização de missões planejadas à objetivos pré-selecionados, as ideias de novas missões competiriam entre si. A competição se basearia no custo das missões, o que originou os programas atuais, Discovery, New Frontiers e Flagship. Este último foi fortemente influenciado pelo quartel-general da NASA.
 
O ''Planetary Science Decadal Survey'', uma publicação do [[Conselho Nacional de Pesquisas dos Estados Unidos]] recomendou fortemente à NASA que a maior prioridade do programa deveria ser o desenvolvimento de um ''[[Astromóvel|rover]]'' coletor de amostras, o [[Mars Astrobiology Explorer-Cacher]], que deveria ser desenvolvido junto com a [[ESA]] e lançado em 2018, como uma colaboração ao programa europeu [[ExoMars]] e um precursor da [[Mars Sample Return]], missão de recolhimento de amostras de [[Marte (planeta)|Marte]] a serem trazidas à Terra. O projeto, entretanto, foi cancelado por falta de fundos em 2011.<ref>{{citar web|url=http://www.spacenews.com/article/us-europe-plan-single-rover-mars-mission-2018|titulo=U.S., Europe Plan Single-rover Mars Mission for 2018|publicado=Spacenews|acessodata=15/12/2013}}</ref> A segunda missão de maior prioridade seria a criação e desenvolvimento do Jupiter Europa Orbiter, uma sonda para entrar em órbita do satélite joviano Europa em 2020, também cancelada.<ref>{{citar web|url=http://sci.esa.int/director-desk/48661-new-approach-for-l-class-mission-candidates/|titulo=NEW APPROACH FOR L-CLASS MISSION CANDIDATES|publicado=ESA|acessodata=15/12/2013}}</ref>
 
==Situação atual==
890 824

edições