Lizzie Borden: diferenças entre revisões

4 bytes removidos ,  12h26min de 25 de fevereiro de 2019
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
==Os assassinatos==
[[Ficheiro:LizzieBordenhouse.jpg|thumb|A casa de Lizzie Borden em 1892|200px|direita]]
Em [[4 de Agosto]] de [[1892]], Andrew J. Borden, pai de Lizzie, e sua madrasta, Abby Borden, foram achados mortos em sua casa. As únicas outras pessoas presentes na residência naquele momento eram Lizzie e a empregada doméstica da família, [[Bridget Sullivan]]. De acordo com testemunhas, Sullivan estava limpando as janelas da casa quando Lizzie a pediu para chamar o médico, o Dr. Bowen, porque seu pai tinha sido assassinado. Aparentemente ela disse à empregada: "Papai está morto! Alguém entrou e o matou!".<ref name=Biography/>
 
Mais tarde, o corpo da madrasta de Lizzie foi achado no segundo andar da casa. Ambos tinham sido mortos por pancadas provocadas por uma arma pesada e aguçada; entretanto, era impossível determinar que arma tinha sido usada pelo assassino.
Utilizador anónimo