Diferenças entre edições de "Ocidentalismo"

1 byte removido ,  16h19min de 25 de fevereiro de 2019
m
Foram revertidas as edições de 186.235.103.14 para a última revisão de 2804:14C:5BB5:91BD:4FA:51E6:8F26:CC38, de 18h01min de 19 de dezembro de 2018 (UTC)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Foram revertidas as edições de 186.235.103.14 para a última revisão de 2804:14C:5BB5:91BD:4FA:51E6:8F26:CC38, de 18h01min de 19 de dezembro de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
'''Ocidentalização''' é um processo através do qual [[sociedade]]s não-ocidentais recaem sob a influência da [[cultura ocidental]] em questões tais como [[indústria]], [[tecnologia]], [[lei]], [[política]], [[economia]], [[estilo de vida]], [[dieta (nutrição)|dieta]], [[língua]], [[religião]] ou valores ocidentais. A ocidentalização tem sido percebida como uma influência disseminada e aceleradora através do mundo nos últimos séculos. Geralmente, é um processo bilateral, no qual às influências e interesses ocidentais junta-se o desejo de pelo menos algumas partes da sociedade afetada, de mudar no rumo de uma sociedade mais ocidentalizada, na esperança de alcançar um padrão de vida ocidental ou alguns aspectos dele.
 
A ocidentalização também ppodepode ser relacionada ao processo de [[aculturação]]. A aculturação refere-se às mudanças que ocorrem dentro de uma sociedade ou cultura quando dois grupos diferentes entram em contato direto contínuo. Depois do contato, as mudanças nos padrões culturais numa cultura ou em ambas são evidentes. Popularmente, a ocidentalização pode também referir-se aos efeitos da expansão do Ocidente e do [[colonialismo]] sobre sociedades nativas.
 
Por exemplo, nativos que adotaram [[línguas europeias]] e costumes ocidentais característicos são chamados de "aculturados" ou "ocidentalizados". A ocidentalização pode ser forçada ou voluntária, dependendo da situação do contato.
116 114

edições