Abrir menu principal

Alterações

Fim da produção.
 
Até o fim de 2017 a Airbus já havia recebido 317 pedidos firmes e entregue 221 aeronaves. A [[Emirates Airlines]] tem a maior frota de A380, com 142 pedidos e 101 aeronaves já entregues.<ref name=Airbus_O_D/>
 
Em fevereiro de 2019, a Airbus anunciou o fim da produção do avião. As razões foram a falta de pedidos e o cancelamento de parte das encomendas pelos clientes, já que o A380 não apresentou custos de operações vantajosos às companhias aéreas. As últimas unidades sairão da fábrica em 2021, para atender os pedidos firmes.<ref>{{Citar web|titulo=Airbus encerra carreira comercial do A380|url=https://airway.uol.com.br/airbus-encerra-carreira-comercial-do-a380/|obra=Airway|data=2019-02-14|acessodata=2019-02-26|lingua=pt-BR|primeiro=Ricardo|ultimo=Meier|primeiro2=|ultimo2=|publicado=Airway}}</ref>
 
== Desenvolvimento ==
 
* Em 4 de novembro de 2010, o [[voo Qantas 32]], que voava do [[Aeroporto de Changi]] para o [[Aeroporto Internacional de Sydney]], sofreu uma falha no motor, resultando em uma série de problemas relacionados, e forçando o avião a regressar a [[Singapura]]. Não houve ferimentos nos passageiros, tripulação ou pessoas em terra, apesar de detritos que caíram sobre a ilha de [[Batam]].<ref name="abc3057573 updated">{{citar web|url=http://www.abc.net.au/news/stories/2010/11/04/3057573.htm |título=Indonesians collect debris from Qantas plane engine |publicado=Australian Broadcasting Corporation |data=4 de novembro de 2010 |acessodata=3 de abril de 2011}}</ref> Após investigações, foi concluído que a falha no motor ocorreu devido a um erro de fabricação.<ref>[http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-11691197 Qantas grounds A380s after Singapore emergency landing]</ref>
 
== Fim da produção ==
Em fevereiro de 2018, a Airbus anunciou o fim prematuro da produção do A380. A decisão veio após o maior cliente do avião, a Emirates, reduzir o pedido e substituí-lo por aviões menores e mais econômicos.
 
A fabricante, que pretendia vender 1200 aeronaves, montará a última unidade em 2021, quando contabilizará menos de 250 produzidas.<ref>{{Citar web|titulo=Airbus anuncia fim da produção do A380, maior avião de passageiros do mundo|url=https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/02/14/airbus-anuncia-fim-da-producao-do-superjumbo-a380.ghtml|obra=G1|acessodata=2019-02-26|lingua=pt-br|data=2019-02-14|publicado=|ultimo=|primeiro=}}</ref>
 
== Especificações ==