Abrir menu principal

Alterações

m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 201.52.229.251 (vandalismo O vegetarianismo pode ser adotado por motivos de protesto. Não aqui), com Reversão e avisos
<ref>''União Vegetariana Internacional''. Disponível em http://www.ivu.org/portuguese/faq/definitions.html. Acesso em 26 de setembro de 2014.</ref>
 
O vegetarianismo pode ser adotado por diferentes razões. Uma das principais é o respeito à vida dos animais. Tal motivação [[ética]] foi codificada em várias [[Religião|crenças religiosas]] juntamente com os [[direitos dos animais]]. Outras motivações estão relacionadas com a [[saúde]], o [[meio ambiente]], a [[estética]] e a [[economia]].
O vegetarianismo pode ser adotado por motivos de protesto contra a [[sociedade]], contra o [[capitalismo]] e em prol dos direito dos animais.
 
Existe uma grande variação de dietas vegetarianas em relação aos produtos que são ou não consumidos. A forma mais popular de vegetarianismo é o ovolactovegetarianismo, que exclui todos os tipos de carnes, mas inclui [[ovo]]s, [[leite]] e [[laticínios]]. Há também o lactovegetarianismo, que exclui todos os tipos de carne e também o ovo, mas são consumidos leite e seus derivados. Outra forma de dieta vegetariana é o vegetarianismo estrito: neste, são excluídos todos os produtos de origem animal, como [[ovo]]s, [[laticínios]] e [[mel]]. O vegetarianismo estrito é frequentemente confundido com o [[veganismo]].