Sofonisba Anguissola: diferenças entre revisões

Espaços duplos.
(Espaços duplos.)
Anguissola nasceu no seio de uma família nobre, mas relativamente pobre. Ela recebeu uma educação boa e completa, que incluiu as belas artes, a sua aprendizagem com pintores locais estabeleceu um precedente para que as mulheres pudessem ser aceites como estudantes de arte. Enquanto jovem mulher, Anguissola viajou para Roma, onde foi apresentada a [[Michelangelo]], que imediatamente reconheceu o seu talento, e para Milão, onde pintou o [[Duque de Alba]] e [[Isabel de Valois, Rainha de Espanha|Isabel de Valois]], mulher de [[Filipe II de Espanha]], que era pintora amadora. Posteriormente em 1569, Anguissola foi convidada para ir para Madrid e ser tutora de Isabel, com o posto de dama de companhia. Mais tarde, ela tornou-se pintora oficial da corte do rei e adaptou o seu estilo às exigências mais formais de retratos oficiais para a corte espanhola. Após a morte da rainha, Filipe ajudou a organizar-lhe um casamento aristocrático. Mudou-se para [[Palermo]] e, posteriormente, [[Pisa]] e [[Génova]], onde continuou a atividade como pintora principal de retratos, aparentemente com o apoio dos seus dois maridos, vivendo até a idade de noventa e três anos.<ref>{{citar web|URL=http://www.unicamp.br/chaa/eha/atas/2010/isabel_hargrave.pdf|título=Uma PintoraItalIana no Renascimento Espanhol|autor=Isabel Hargrave|data=|publicado=VI EHA - ENCONTRO DE HISTÓRIA DA ARTE - UNICAMP|acessodata=20 de dezembro de 2016}}</ref>
 
As suas pinturas mais características e atrativas são os retratos de si e da sua família, pintados antes de ela ter-se mudado para a corte espanhola. Em particular, as suas pinturas de crianças eram inovadoras e muito apreciadas. Na corte espanhola pintou retratos de Estado formais, no estilo oficial em vigor. No fim da vida, ela também pintou temas religiosos, embora muitas das suas pinturas religiosas tenham sido perdidas. Anguissola tornou-se numa rica patrona das artes após o enfraquecimento da sua vista, e em 1625 morreu aos noventa e três anos de idade em Palermo.
 
O exemplo de Anguissola, tanto quanto as suas obras, tiveram influência duradoura sobre as gerações seguintes de artistas e o seu grande sucesso abriu caminho para que muitas mulheres pudessem seguir carreiras sérias como artistas. As suas pinturas podem ser vistas em galerias em Boston, (Isabella Stewart Museu Gardner), Bergamo, Brescia, Budapeste, Madrid (Museo do Prado), Nápoles, Siena, e na Galeria Uffizi, em Florença.
Utilizador anónimo