Châteauneuf-du-Pape (vinho): diferenças entre revisões

Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta13)
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta13))
Antes do crítico de vinhos [[Robert M. Parker]] ter começado a promovê-los nos [[Estados Unidos]],<ref name="FW">{{citar web|url=http://www.foodandwine.com/articles/a-crush-on-chateauneuf-du-pape|titulo=Food and WIne - A Crush on Châteauneuf-du-Pape|acessodata=14/04/2009}}</ref> os vinhos de Chateauneuf eram considerados rústicos e eram muito pouco consumidos. No entanto, o seu crescente consumo fez com que os preços quadruplicassem no decurso da última década.
 
Em [[1995]], Parker foi a terceira pessoa a receber o título de [[cidadão honorário]] do vilarejo. As duas outras pessoas foram os franceses [[Frédéric Mistral]] e [[Marcel Pagnol]].<ref name="ND">{{citar web|url=http://www.notasdedegustacao.com.br/biografiarobertparker.htm|titulo=Notas de degustação - Robert Parker - Biografia|acessodata=14/04/2009|arquivourl=https://web.archive.org/web/20070701121038/http://www.notasdedegustacao.com.br/biografiarobertparker.htm|arquivodata=2007-07-01|urlmorta=yes}}</ref>
 
{{Referências}}
230 311

edições