Diferenças entre edições de "Ciclo da ureia"

39 bytes adicionados ,  06h50min de 13 de março de 2019
Resgatando 0 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta13)
(Resgatando 0 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta13))
'''Ciclo da ureia''' ou '''Ciclo da Ornitina''', é um ciclo de reações bioquímicas que ocorrem nos animais terrestres para produzir [[ureia]] [NH<sub>2</sub>-CO-NH<sub>2</sub>-] a partir de [[amoníaco]] (NH<sub>3</sub>-). Ocorre parte nas [[mitocôndria]]s e parte no [[citoplasma]] principalmente dos [[hepatócito]]s (células do fígado), mas também, em menor grau, nos [[rins]]. É muito importante porque a amônia é muito mais tóxica que a ureia, logo seu mal funcionamento por [[insuficiência hepática]] ou [[Doença genética|problema genético]] resulta uma [[encefalopatia hepática]].
 
Foi descoberto em [[1932]], por [[Hans Krebs]].<ref>{{citar web|url=http://labmed.ascpjournals.org/content/41/6/377.full|título=Processo de síntese industrial de ureia|acessodata=3 de dezembro de 2013|publicado=Ascp Journals|lingua=inglês}}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref> A produção de ureia é o destino de grande parte da amônia que enviada ao [[fígado]] e ocorre quase sempre nele.<ref name="ufp"> {{Link||2=http://homepage.ufp.pt/pedros/bq/ureia.htm |3= O ciclo da ureia e sua importância no metabolismo}}</ref>
 
== Reações ==
230 299

edições