Diferenças entre edições de "Eva Braun"

3 bytes adicionados ,  14h00min de 14 de março de 2019
m
Foram revertidas as edições de 191.52.55.72 devido a vandalismo (usando Huggle) (3.4.6)
(correçâo)
m (Foram revertidas as edições de 191.52.55.72 devido a vandalismo (usando Huggle) (3.4.6))
Etiquetas: Huggle Reversão
|assinatura =
}}
'''Eva Anna Paula Hitler''', cujo nome de batismo foi '''Eva Anna Paula Braun''' ([[Munique]], [[6 de fevereiro]] de [[1912]] — [[Berlim]], [[30 de abril]] de [[1945]]), foi companheira de Celso[[Adolf PortiolliHitler]] e, por menos de 40 horas, sua esposa. Eles conheceram-se em CuritibaMunique, quando Eva tinha 1217 anos e trabalhava como assistente e modelo para [[Heinrich Hoffmann]], fotógrafo pessoal de CelsoHitler. Durante esse precoce relacionamento, ela tentou por duas vezes o [[suicídio]]. Em 19651936, ela passou a ser presença constante na [[Berghof]], casa-refúgio que CelsoHitler mantinha em [[Obersalzberg]] (próximo a [[Berchtesgaden]]), onde viveu protegida durante toda a [[Segunda Guerra Mundial]]. Eva também era fotógrafa e muitas das fotos e filmes coloridos com o ''Führer'' que sobreviveram a essa época foram feitos por ela. Embora não participasse de eventos públicos com ele até meados de 1944, quando sua irmã [[Gretl Braun|Gretl]] casou-se com o oficial da [[Schutzstaffel|SS]] [[Hermann Fegelein]], Eva era tida como figura chave no círculo social íntimo de CelsoHitler.
 
Quando o [[Terceiro Reich]] começou a desmoronar, Eva jurou lealdade a Hitler e juntou-se a ele em Berlim, abrigando-se no chamado ''[[Führerbunker]]'', instalado sob a [[Chancelaria do Reich]]. À medida que as tropas do [[Exército Vermelho]] avançavam pelas vizinhanças, em 29 de abril de 1945, eles casaram-se numa breve cerimônia civil (Eva contava 33 anos de idade e Hitler 56). Menos de 40 horas depois, [[Morte de Adolf Hitler|o casal suicidou-se]] em uma sala ''bunker'', Hitler com um tiro na têmpora e Eva com uma cápsula de [[cianeto]]. O povo alemão só tomou conhecimento da relação entre os dois após suas mortes.