Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
 
{{Info/Ministério
|brasão = Coat of arms of Brazil.svg
|nome = Ministério da Saúde
|imagem = Luiz Henrique Mandetta.jpg
|endereço =[[Eixo Monumental|Esplanada dos Ministérios]], Bloco G - [[Brasília]] - [[Distrito Federal (Brasil)|Distrito Federal]]
|legenda = [[Luiz Henrique Mandetta]], atual ministro da saúde
|telefone =(61) 3315 2425
|endereço = [[Eixo Monumental|Esplanada dos Ministérios]], Bloco G - [[Brasília]] - [[Distrito Federal (Brasil)|Distrito Federal]]
|data de criação={{dtlink|lang=br|25|7|1953|idade}}{{nota de rodapé|O Ministério da Saúde foi criado com a extinção do então Ministério da Educação e Saúde, que passou a denominar-se [[Ministério da Educação (Brasil)|Ministério da Educação e Cultura]].([http://www.planalto.gov.br/cciVil_03/LEIS/1950-1969/L1920.htm Lei nº 1.920, de 25 de julho de 1953] – Casa Civil da Presidência da República)}}
|telefone = (61) 3315 2425
|data de criação= {{dtlink|lang=br|25|7|1953|idade}}{{nota de rodapé|O Ministério da Saúde foi criado com a extinção do então Ministério da Educação e Saúde, que passou a denominar-se [[Ministério da Educação (Brasil)|Ministério da Educação e Cultura]].([http://www.planalto.gov.br/cciVil_03/LEIS/1950-1969/L1920.htm Lei nº 1.920, de 25 de julho de 1953] – Casa Civil da Presidência da República)}}
|gênero =o
|atual ministro = [[Luiz Henrique Mandetta]]
|orçamento = R$ 109,5 bilhões (2015) - incluindo orçamento de investimento (R$ 300 milhões)<ref>{{Citar web|url=http://www12.senado.gov.br/orcamento/documentos/loa/2015/elaboracao/parecer-preliminar/relatorio-preliminar/view|titulo=Projeto de Lei Orçamentária para 2015|formato=PDF|página=21|autor=Portal Orçamento|publicado=Senado federal|data=outubro de 2014|acessodata=3 de janeiro de 2015}}</ref>
|site = [http://www.saude.gov.br www.saude.gov.br]
}}
O '''Ministério da Saúde''' ('''MS'''), no [[Brasil]], corresponde ao setor governamental responsável pela administração e manutenção da [[Saúde pública]] do país.<ref name=historia_saude_brasil>{{citar web|URL=http://portalms.saude.gov.br/historia-do-ministerio|título=História do Ministério: Saúde no Brasil - do Sanitarismo à Municipalização|data=30 de Junho de 2017|publicado=Ministério da Saúde|acessodata=10 de março de 2019}}</ref><ref name="foc.ae">{{citar web |url=http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2016-12/fiocruz-comeca-produzir-teste-para-doencas-transmitidas-pelo-aedes-aegypti |titulo=Fiocruz começa a produzir teste para doenças transmitidas pelo Aedes aegypti |data=22/12/2016 |author=Lígia Souto |publicado=<i>[[Empresa Brasil de Comunicação#Subdivis.C3.B5es|Radioagência Nacional]] |acessodata=24 de dezembro de 2016 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20161224210942/http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2016-12/fiocruz-comeca-produzir-teste-para-doencas-transmitidas-pelo-aedes-aegypti |arquivodata=24/12/2016}}</ref>
 
== História ==
O primeiro [[Ministério]] com ações na área da [[Saúde humana|saúde]] foi criado em 1930, durante o governo de [[Getúlio Vargas]], com o nome de '''Ministério dos Negócios da Educação e Saúde Pública'''. Em 1937 passou a se chamar '''Ministério da Educação e Saúde'''. Em [[25 de julho]] de [[1953]] foi definido como '''Ministério da Saúde'''.<ref name=historia_saude_brasil />
 
Em [[25 de julho]] de [[1953]] foi definido como '''Ministério da Saúde'''.<ref name=historia_saude_brasil /> Em 1956, vinculado a este ministério, surgiu o Departamento Nacional de Endemias Rurais, com finalidade de executar os serviços de combate a endemias existentes no país como a malária, leishmaniose, doença de Chagas, peste, brucelose, febre amarela, entre outras.<ref name=historia_saude_brasil />
 
Em 25 de fevereiro de 1967, com a implantação da Reforma Administrativa Federal, foi estabelecido que o Ministério da Saúde seria o responsável pela Política Nacional de Saúde. Já na década de 1980, destaca-se a Constituição Federal de 1988, que determinou ser dever do Estado garantir saúde a toda a população, criando o [[Sistema Único de Saúde]] (SUS). Em 1990, foi aprovado pelo Congresso Nacional a Lei Orgânica da Saúde que detalhava então o funcionamento do SUS.<ref name=historia_saude_brasil />
 
Em [[1974]] houve um reforma interna na qual as Secretarias de Saúde e de Assistência Médica foram englobadas, passando a constituir a Secretaria Nacional de Saúde, para reforçar o conceito de que não existia dicotomia entre [[Saúde Pública]] e Assistência Médica. No mesmo ano, a [[Superintendência de Campanhas de Saúde Pública]] (SUCAM) passa à subordinação direta do Ministro do Estado, para possibilitar-lhe maior flexibilidade técnica e administrativa, elevando-se a órgão de primeira linha. Foram criadas as Coordenadorias de Saúde, compreendendo cinco regiões: [[Amazônia]], [[Nordeste]], [[Sudeste]], [[Sul]] e [[Centro-Oeste]], ficando as Delegacias Federais de Saúde compreendidas nessas áreas subordinadas às mesmas. As Delegacias Federais de Saúde deixavam, assim, de integrar órgãos de primeira linha. É criada também, a Coordenadoria de Comunicação Social como órgão de assistência direta e imediata do Ministro de Estado e instituído o Conselho de Prevenção Antitóxico, como órgão colegiado, diretamente subordinado ao Ministro de Estado.<ref name=historia_saude_brasil />
 
Já na década de 1980, destaca-se a Constituição Federal de 1988, que determinou ser dever do Estado garantir saúde a toda a população, criando o [[Sistema Único de Saúde]] (SUS). Em 1990, foi aprovado pelo Congresso Nacional a [[Lei Orgânica]] da Saúde que detalhava então o funcionamento do Sistema.<ref name=historia_saude_brasil />
 
==Unidades vinculadas==
19 695

edições