Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
Ao mesmo tempo, o astronauta [[Alfred Worden]] permaneceu em órbita lunar operando sensores e instrumentos no [[Módulo de Comando e Serviço Apollo|módulo de comando e serviço]] ''Endeavour''. Ele coletou vários dados sobre a Lua através de uma câmera panorâmica, um espectrômetro de raios gama, uma câmera mapeadora, um [[altímetro]] a laser, um [[Espectrometria de massa|espectrômetro de massa]] e um sub-satélite lançado no final da órbita da Apollo 15. Worden também realizou a primeira caminhada espacial em espaço profundo na viagem de volta. Eles retornaram em segurança e [[Amaragem|amerissaram]] no [[Oceano Pacífico]], mesmo com um de seus paraquedas não tendo funcionado.
 
A missão realizou todos os seus objetivos, porém sua imagem foi manchada por controvérsias no ano seguinte quando foi descoberto que a tripulação tinha levado para a superfície lunar selos[[Incidente das capas postais da Apollo 15|capas postais não autorizadosautorizadas]], algunsalgumas dosdas quais tinham sido vendidosvendidas para um negociante da [[Alemanha Ocidental]]. Os três astronautas foram repreendidos por mau julgamento e nunca mais foram para o espaço. A Apollo 15 também é lembrada por ter encontrado a [[Pedra do Gênesis]] e por Scott ter usado uma pena e um martelo a fim de validar a teoria de [[Galileu Galilei]] de que objetos caem ao mesmo tempo na ausência de ar.
 
==Antecedentes==
 
==Controvérsias==
{{principal|Incidente das capas postais da Apollo 15}}
[[Ficheiro:Apollo 15 Sieger cover.jpg|thumb|esquerda|250px|Uma das "capas Sieger", um envelope postal levado para a Lua e assinado pelos astronautas sem a autorização da NASA.]]
Apesar do sucesso da missão, as carreiras da tripulação foram manchadas por um acordo que fizeram antes do voo para levarem capas postais até a Lua em troca de sete mil [[Dólar dos Estados Unidos|dólares]] cada, que eles planejavam guardar para seus filhos.<ref name=connelly > {{citar web|url=https://www.houstonpress.com/news/apollo-15-40-years-on-five-odd-facts-including-faulty-peeing-a-very-irked-nasa-and-the-coolest-lunar-experiment-6729217|título=Apollo 15, 40 Years On: Five Odd Facts (Including Faulty Peeing, a Very Irked NASA & the Coolest Lunar Experiment|data=2 de agosto de 2011|autor=Connelly, Richard|obra=Houston Press|acessodata=16 de março de 2019 }} </ref><ref> {{citar web|url=http://www.spaceflownartifacts.com/flown_apollo15_covers.html|título=The Flown Apollo 15 Sieger Covers|obra=Space Flown Artifacts|autor=Weinberger, Howard C.|acessodata=16 de março de 2019 }} </ref> Walter Eiermann, que tinha muitos contatos profissionais e sociais com funcionários da NASA e o corpo de astronautas, serviu de intermediário entre a tripulação e Hermann Sieger, um comerciante de [[Selo postal|selos]] da [[Alemanha Ocidental]], com Scott concordando em levar quatrocentas capas para a nave; estas depois foram transferidas para o ''Falcon'' e permaneceram no módulo lunar enquanto os astronautas realizavam suas atividades na Lua. Cem dessas capas foram dadas a Eiermann após retornarem para a Terra, com ele repassando-as para Sieger e recebendo uma comissão.<ref> {{Citation|last=Ramkissoon|first= Reuben A.|year=2006|title=The Congress Book 2006|contribution=An Astrophilatelic Rendering of the Conquest of Space: Part 3, Project Apollo—the Moon Landing Missions|publisher=American Philatelic Congress, Inc.|location=State College|pages=213–215}} </ref><ref name=winick > {{citar periódico|autor=Winick, Les|título=The Apollo 15 Cover Story|data=1973|jornal=Compex|páginas=71–89 }} </ref> Os três não receberam permissão de Slayton para levarem as capas, como era exigido.<ref name=slayton278279 > {{harvnb|Slayton|Cassutt|2011|pp=278–279}} </ref>