Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
Ainda em [[1951]] o torneio ficou marcado pela decisão entre Palmeiras e Corinthians, quando o time alviverde levou a melhor. Após equilíbrio na fase de pontos onde o Palmeiras ganhou do Flamengo por 7 a 1, perdeu para o America por 6 a 4, venceu o São Paulo por 2 a 0, venceu a Portuguesa e o Vasco por 4 a 1, venceu o Bangu por 2 a 0, mas perdeu para o Corinthians por 3 a 0, foi necessária uma final entre os dois rivais por haver empate em número de pontos. Nas finais deu Palmeiras, que venceu os dois jogos, o primeiro por 3 a 2 e o segundo por 3 a 1.
 
O Corinthians conquistou o Torneiotorneio em 1953 e 1954, repetindo o que ja havia realizado em 1950.
 
OA torneiocompetição contou ainda com as melhores formações da história da [[Associação Portuguesa de Desportos|Portuguesa]], a qual conquistou as edições de [[1952]] e [[1955]].
 
Em [[1956]] os cariocas tentaram adiar a competição para o segundo semestre do ano, alegando que seriam prejudicados com as convocações da [[Seleção Brasileira de Futebol|Seleção Brasileira]], que disputaria o Campeonato Sul-Americano no mesmo período. Os paulistas se recusaram, alegando que a competição já fazia parte do calendário nacional e um adiamento comprometeria a receita dos clubes. Mesmo com a [[Confederação Brasileira de Desportos]] intercedendo a favor dos paulistas, os cariocas retiraram-se mesmo da competição. O Torneio Roberto Gomes Pedrosa desse ano foi disputado apenas por paulistas e considerado sem efeito como um Torneio Rio-São Paulo.<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rjsp1956.htm RSSSF Brasil - Torneio Rio-São Paulo de 1956.]</ref>
Em [[1964]] o [[Botafogo de Futebol e Regatas|Botafogo]] e o [[Santos Futebol Clube|Santos]] terminaram o campeonato de pontos corridos empatados, e com isso foi forçado um jogo extra. No primeiro jogo, o Botafogo derrotou seu adversário por 3 a 2 em [[10 de janeiro]] de [[1965]]. O segundo compromisso porém, no qual o Botafogo dependia apenas de um empate, acabou sendo cancelado pois os dois times saíram em excursão, logo, Botafogo e Santos foram declarados campeões.<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rjsp1964.htm RSSSF Brasil - Torneio Rio-São Paulo de 1964.] - atualizado em 27 de janeiro de 2000</ref>
 
O campeonato de [[1965]] apresentou ao país ao time conhecido como "Academia do Palmeiras" que sagrou-se campeão com goleadas históricas obtidas, inclusive no Maracanã.
 
Em [[1966]], outra divisão de título ocorreu. [[Botafogo de Futebol e Regatas|Botafogo]], [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]], [[Santos Futebol Clube|Santos]] e [[Club de Regatas Vasco da Gama|Vasco da Gama]] terminaram empatados na primeira colocação de um campeonato de pontos corridos, o que forçaria a realização de um quadrangular extra (também chamado à época de "supercampeonato"){{carece de fontes|data=junho de 2017}}.
|{{BR-SPb|tamanho=30x27px}}<br />{{Futebol Palmeiras}}
|{{BR-GBb|tamanho=30x27px}}<br />{{Futebol Flamengo}}<br />{{BR-GBb|tamanho=30x27px}}<br />{{Futebol Bangu}}
|-
|'''1967'''–'''1970'''<br />''[[Torneio Roberto Gomes Pedrosa|Detalhes]]''
|colspan=4|'''Foram incluídas equipes de outros estados, passando a ser considerada nacional então não contabilizada como Torneio Rio-São Paulo'''
|- align=center bgcolor="#C1D8FF"
|'''1971'''–'''1992'''
|colspan=4|'''Não disputado'''
|}
 
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol São Caetano|estado=antes}}}}|| 0 || 0 || 0 || 1
|}
 
=== Na fase histórica ===
* Fase cujo crescimento iria redundar no campeonato nacional (1933-1966}.
 
{| class="wikitable sortable" border="0" cellspacing="2" cellpadding="3" width="50%"
|- bgcolor="#DCDCDC" style="color:#000000;" align=center
|'''Clube''' || '''Títulos''' || '''Vices''' || '''3º''' || '''4º'''
|- align=center bgcolor="#C1D8FF"
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Corinthians|estado=antes}}}}|| 4 || 2 || 3 || 2
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Santos|estado=antes}}}}|| 4 || 0 || 2 || 1
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Botafogo|estado=antes}}}}|| 3 || 3 || 2 || 1
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Palmeiras|estado=antes}}}}|| 3 || 2 || 3 || 6
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Vasco|estado=antes}}}}|| 2 || 6 || 2 || 1
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Portuguesa|estado=antes}}}}|| 2 || 1 || 3 || 1
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Fluminense|estado=antes}}}}|| 2 || 1 || 2 || 1
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Flamengo|estado=antes}}}}|| 1 || 3 || 3 || 3
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol São Paulo|estado=antes}}}}|| 0 || 3 || 2 || 3
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol Bangu|estado=antes}}}}|| 0 || 0 || 2 || 2
|- align=center
|align="left"|{{Nowrap|{{Futebol America|estado=antes}}}}|| 0 || 0 || 1 || 0
|}
 
 
=== Resumo dos títulos de campeão ===
{| class="toccolours" border="0" cellpadding="3" cellspacing="2" align="left" style="margin:0.5em;"
|-
|!colspan="11" bgcolor=#6495ED|<font color="ffffff">'''Títulos'''</font>
|!colspan="11" bgcolor=#6495ED|<font color="ffffff">'''Nome do clube'''</font>
|- bgcolor="#ADD8E6" !colspan="2"
 
|5