Diferenças entre edições de "Príncipe de Condé"

921 bytes adicionados ,  07h09min de 23 de março de 2019
sem resumo de edição
 
O filho do duque de Bourbon, {{lknb|Luís|V|José de Bourbon-Condé}}, depois de receber boa educação, destacou-se na [[Guerra dos Sete Anos]] e, acima de tudo, pela sua vitória em [[Joanisberga]]. Como governador da Borgonha, fez muito para melhorar as indústrias e meios de comunicação daquela província. Na [[Revolução Francesa|Revolução]], pegou em armas em nome do rei, tornou-se comandante do "exército de Condé" e lutou em conjunto com os [[Império Austríaco|austríacos]] até o [[Tratado de Campoformio]] em 1797, sendo durante o último ano sob o pagamento da [[Grã-Bretanha|Inglaterra]]. Então serviu o [[imperador da Rússia]] na Polônia, e depois disso (1800) retornou ao pagamento da Inglaterra, e lutou na [[Eleitorado da Baviera|Baviera]]. Em 1800, chegou à Inglaterra, onde viveu por vários anos. Com a restauração de {{lknb|Luís|XVIII|de França}}, voltou à França, morrendo em [[Paris]] em 1818.<ref name=Bri1911 />
 
{{lknb|Luís|VI|José de Bourbon-Condé}}, filho do último, foi o último príncipe. Vários dos primeiros eventos de sua vida, especialmente seu casamento com a princesa [[Batilda de Orleães]], e o duelo com o conde de Artois por ter erguido o véu da princesa num baile de máscaras, causaram muito escândalo. Na Revolução, lutou com o exército dos emigrados em [[Liége]]. Entre o retorno de [[Napoleão]] de [[Elba]] e a [[Batalha de Waterloo]], liderou sem sucesso um revolta monarquista em La Vendée. Em 1829, fez um testamento pelo qual nomeou como seu herdeiro o duque de Aumale e fez alguns legados consideráveis à sua amante, a baronesa de Feuchères. Em 27 de agosto de 1830, foi encontrado enforcado na abertura de sua janela. Pensou-se em crime, e os príncipes de Rohan, que eram parentes do falecido, contestaram o testamento. Sua petição, no entanto, foi rejeitada pelos tribunais.<ref name=Bri1911 />
 
{{referências}}
== Bibliografia ==
 
* {{Citar livro|ref={{harvid|Britânica|1911}}|ano=1911|título=Enciclopédia Britânica Vol. VI|capítulo=Princes of Condé|editora=Encyclopædia Britannica, Inc.|local=Nova Iorque|capítulourl=https://en.wikisource.org/wiki/1911_Encyclop%C3%A6dia_Britannica/Cond%C3%A9,_Princes_of|ref=harv}}
 
{{Príncipes de Condé}}