Abrir menu principal

Alterações

 
=== 2010 ===
No dia [[18 de maio]] de [[2010 na televisão brasileira|2010]], foi inaugurado o [[Canal Viva]], do grupo de TV por assinatura [[Globosat]]. O canal tem como princípio, desde sua estreia, dedicar grande parte de sua programação a programas de televisão exibidos originalmente na TV Globo. O objetivo inicial do canal era o de atingir o público de mulheres, com mais de 35 anos, de todas as classes sociais.
 
O objetivo inicial do canal era o de atingir o público de mulheres, com mais de 35 anos, de todas as classes sociais. A grade de programação, na época da inauguração, era composta por reprises de telenovelas e outros programas do arquivo da TV Globo, reexibição de programas atuais daquela TV e do canal GNT em horários alternativos, além de “enlatados” dublados.
 
 
Os programas de arquivo da TV Globo ocupam grande parte da grade de programação do Canal Viva, principalmente a teledramaturgia. Quando o canal estreou, duas novelas foram escolhidas para representar o gênero, como será exposto a seguir. Além disso, o canal dedicou o horário das 23h45 para minisséries[[:Ficheiro:///C:/Users/Fatima/Downloads/JulioCesarFernandes-convertido.docx#%20bookmark27|<sup>30</sup>]] da TV Globo. A partir de julho de 2011, o horário das minisséries foi remanejado para as 23h15. O seriado “Mulher”, estrelado por Eva Wilma e Patrícia Pillar, também estava na grade original do canal.
 
 
Os programas de arquivo da TV Globo ocupam grande parte da grade de programação do Canal Viva, principalmente a teledramaturgia. Quando o canal estreou, duas novelas foram escolhidas para representar o gênero, como será exposto a seguir. Além disso, o canal dedicou o horário das 23h45 para minisséries[[:Ficheiro:///C:/Users/Fatima/Downloads/JulioCesarFernandes-convertido.docx#%20bookmark27| <sup>30</sup>]] da TV Globo. A partir de julho de 2011, o horário das minisséries foi remanejado para as 23h15. O seriado “Mulher”, estrelado por Eva Wilma e Patrícia Pillar, também estava na grade original do canal.
 
Outro programa juvenil que estreou em maio de 2010 no Canal Viva foi “Sandy & Junior”, cuja proposta era de integrar música e ficção. O público infantil também recebeu uma fatia de espaço na grade do canal com os programas “Sítio do Pica-pau Amarelo” e “Caça Talentos”, estrelado por Angélica. Este último ainda não havia saído do ar no Canal Viva em setembro de 2013.
 
=== 2012 ===
Em 2012, quando o canal completou dois anos, foram lançadas as séries internacionais “Dallas”[[Dallas (telessérie)|Dallas]] e “Twin[[Twin Peaks”Peaks]] na faixa “Clássicos'''''Clássicos em Série”Série'''''. Também foi apresentado um especial musical em homenagem ao músico Tom Jobim: “Antonio Brasileiro”. Nesse mesmo ano, havia uma faixa vespertina[[:Ficheiro:///C:/Users/Fatima/Downloads/JulioCesarFernandes-convertido.docx#%20bookmark28|<sup>31</sup>]] intitulada “Faixa'''''Faixa Viva Animal”Animal''''', com programas estrangeiros sobre animais. 31 Faixa “Viva Animal”: das 17h15 às 17h45. Eram apresentados os programas “A''A Vida Selvagem de Chris Humfrey”Humfrey'' (segunda-feira), “MeuMeu Cão é Tão Gordo Quanto Eu”Eu (terça-feira), “EscolhaEscolha seu Filhote”Filhote (quarta- feira), “MagnetismoMagnetismo Animal”Animal (quinta-feira) e “HeróisHeróis de Estimação”Estimação (sexta-feira).
 
Em agosto de 2012, estreou “Viva'''''Viva o Sucesso”Sucesso''''', um programa que traz o perfil de personalidades brasileiras como atores e cantores.
 
=== 2013 ===
Em agosto de 2013, estreou a série “Damas'''''Damas da TV”TV''''', em que é apresentada semanalmente uma entrevista com uma atriz brasileira que fez e ainda faz parte da história da teledramaturgia brasileira. O programa é uma homenagem aos 50 anos da telenovela diária no Brasil.
 
O Canal Viva abriu uma votação na internet para que o público pudesse escolher a sucessora de “Rainha da Sucata” entre quatro opções: “A Indomada”, “Água Viva”, “Fera Ferida” e “O Dono do Mundo”. A vencedora foi “Água Viva” de Gilberto Braga, a mais antiga dentre as opções de escolha e também entre as todas as novelas exibidas no Canal Viva até então.
1 725

edições