Abrir menu principal

Alterações

m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 186.244.90.165, com Reversão e avisos
A época dos Descobrimentos e a colonização europeia trouxe extenso território aos monarcas europeus. Algumas colónias romperam com os seus impérios e declararam independência (como os [[Estados Unidos]] na [[Revolução Americana]] e as guerras de independência hispano-americanas na [[América Latina]]). O [[Canadá]] e outras [[Colonização britânica da América|colónias britânicas na América]], tornaram-se autónomas, permanecendo sob a [[monarquia britânica]] no domínio da [[Commonwealth]] britânica ou como territórios ultramarinos até a edição do [[Estatuto de Westminster]], em 1931, fato que unia as ex-colônias ao [[Reino Unido]] via Ministério do Exterior . (Veja [[Confederação Canadense]]).
 
Outros Estados monárquicos também emergiram. [[Agustín de Iturbide]] declarou-se [[Império Mexicano|Imperador do México]], em 1822, depois da independência da [[Nova Espanha]] . [[Maximiliano do México]] governou como [[Lista de imperadores do México|imperador mexicano]] de 1863 a 1867 até ser executado por um GolpkeGolpe Militar.
 
Dois membros da [[Casa de Bragança]], [[Pedro I do Brasil|Pedro I]] e [[Pedro II do Brasil|Pedro II]], governaram o [[Brasil]] como [[Lista de monarcas do Brasil|imperadores]], de 1822 a 1889, separando-se do [[Império Português]], até o [[Proclamação da República do Brasil|Golpe Militar de 15 de Novembro de 1889]] que implantou a República do Brasil.