Diferenças entre edições de "Mary Anne MacLeod Trump"

26 bytes adicionados ,  11h24min de 5 de abril de 2019
sem resumo de edição
|website =
}}
'''Mary Anne MacLeod''' (Tong, Stornoway, [[Ilha de Lewis]], [[Lewis e Harris]], Ross e Cromartie (depois [[Hébridas Exteriores]], [[Hébridas]]), [[10 de maio]] de [[1912]] — New Hyde Park, [[Manhattan]], [[Nova Iorque]], [[Condado de Nova Iorque]], [[Nova Iorque (estado)|Nova Iorque]], [[7 de agosto]] de [[2000]]), em [[Língua gaélica escocesa|gaélico escocês]] ''Màiri Anna NicLeòid'', do Clã MacLeod de Lewis, mãe do 45.º [[presidente dos Estados Unidos]], [[Donald Trump]], nasceu nas [[Terras Altas (Escócia)|Terras Altas]]<ref>{{citar web|URL=http://dw.com/p/1J1s1|título=As raízes "esquecidas" de Trump na Escócia|autor=|data=7 de junho de 2016|publicado=[[Deutsche Welle]]|acessodata=}}</ref> e imigrou para [[Nova Iorque]] em [[1930]], onde conheceu [[Fred Trump]] e casaram em [[1936]]. Três de suas irmãs já se encontravam nos [[Estados Unidos]]. No povoado em que Mary Anne MacLeod vivia, no final da [[Primeira Guerra Mundial]], a maior parte dos homens morreu em um naufrágio e muitas mulheres decidiram imigrar para os [[Estados Unidos]] e para o [[Canadá]] com a intenção de casar.<ref>{{citar web|URL=http://www.bbc.com/portuguese/internacional-36526196|título=A surpreendente história da mãe de Trump, que chegou aos EUA com US$ 50 no bolso|autor=|data=18 de junho de 2016|publicado=|acessodata=}}</ref> A sua língua materna era o gaélico escocês, que falava sempre que voltava à sua terra natal.
 
{{referências}}
Utilizador anónimo