Diferenças entre edições de "Auto Club Speedway"

8 bytes removidos ,  02h27min de 6 de abril de 2019
Ajustes
(Ajustes)
 
[[Imagem:Auto club speedway LA january 2014.jpg|thumb|Vista aérea do circuito.]]
O circuito foi construído por [[Roger Penske]], na época em que o poderoso grupo [[Penske Racing|Penske]] possuía várias pistas de corridas nos [[Estados Unidos]], tendo como modelo o [[Michigan International Speedway]].
 
O formato em “D” das pistas de Michigan e Fontana é essencialmente o mesmo, diferenciando-se apenas na inclinação das curvas (18 graus em Michigan e 14 graus em Fontana). Ambas são pistas de alta velocidade, muito largas, espaçosas e que podem até serem consideradas seguras.
Os [[monopostos]] chegariam a Fontana no final do mês de setembro daquele mesmo ano de 1997. Em 27 de Setembro aconteceu a prova da Indy Lights, com vitória de Clint Mears. Nesse mesmo dia, durante os treinos para a prova da Champ Car do dia seguinte, o piloto [[brasil]]eiro Maurício Gugelmin marcou uma volta a 240,942 milhas por hora (388 km/h), batendo o recorde de velocidade em circuito fechado da época.
 
No dia seguinte, na Marlboro 500 que encerrava a temporada de 1997 da [[Champ Car|CART]], a vitória ficou com o piloto inglês Mark Blundell.
 
As provas disputadas em Fontana pela CART se caracterizavam por intensa disputa e trocas de posições e finais empolgantes, com a vitória sendo decidida na última volta. A intensidade da disputa e os carros andando todos juntos aproveitando o vácuo intenso do tráfego tornavam a prova parecida com o que é [[Talladega Superspeedway|Talladega]] para a Nascar. Com a diferença que nunca aconteceu de fato um acidente múltiplo (big one) grave nas provas da CART ali disputadas.
O ano de 1999 foi bastante marcante para a pista de Fontana. Em julho daquele ano foi anunciada a venda de todos os circuitos que pertenciam a Roger Penske para a International Speedway Corporation (ISC). E em [[31 de outubro]] a pista sediou a última prova da temporada e a mais empolgante decisão de título da CART de todos os tempos, entre [[Juan Pablo Montoya]] e [[Dario Franchitti]]. Pena que a vitória(que empatou em pontos com Franchitti mas venceu por ter mais vitórias) de [[Adrian Fernandez]] na prova e o título de Montoya tenham ficado em segundo plano devido à morte trágica de Greg Moore em um dos mais violentos acidentes da história da categoria.
 
No ano seguinte, em [[28 de outubro]], [[Gil de Ferran]] estabeleceria um novo recorde de velocidade em circuito fechado ao completar uma volta em Fontana a uma velocidade média de 241,428 milhas por hora (388,5 km/h) a bordo do [[Reynard]] [[Honda]] [[Firestone]] da equipe [[Penske]]. E esse recorde até hoje não foi batido e provavelmente não o será por muitos e muitos anos.
 
A CART correria no California Speedway até [[2002]], sempre encerrando a temporada da categoria. Nesse ano de 2002 a pista mais uma vez faria história ao se tornar a primeira pista a receber numa mesma temporada uma prova da [[Indy Racing League|IRL]] e da CART.
[[Imagem:FontanaPanorama.JPG|thumb|center|900px|Imagem panorâmica do circuito.]]
 
== {{Ligações externas}} ==
* {{Oficial|http://www.californiaspeedway.com|en}}