Diferenças entre edições de "Copenhaga"

1 768 bytes adicionados ,  14h59min de 7 de abril de 2019
Resgatando 9 fontes e marcando 2 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
m
(Resgatando 9 fontes e marcando 2 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
|população_total = 777,218
|população_metro = 2,057,737
|população_urbana = 1,627,705<ref name="statistikbanken.dk">http://statistikbanken.dk/statbank5a/default.asp?w=768</ref><ref name="kk.dk">http://www.kk.dk/FaktaOmKommunen/Internationalt/~/media/FD4632CE69FE4809B8AC103890E72FA7.ashx{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref>
|densidade_população = 4,400
|densidade_população_mi2=
{|
|-
!'''Distritos oficiais'''<ref name="Københavns bydele">{{citar web| |url=http://www.kk.dk/da/om-kommunen/fakta-og-statistik/statistik-og-historie/saadan-er-byen-inddelt/bydele |título=Københavns bydele |publicado=Københavns Kommune |acessodata=31 de dezembro de 2012 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130904010537/http://www.kk.dk/da/om-kommunen/fakta-og-statistik/statistik-og-historie/saadan-er-byen-inddelt/bydele |arquivodata=2013-09-04 |urlmorta=yes }}</ref>
!'''Outras zonas'''
|- style="vertical-align:top;"
[[Imagem:Amagerbro metro.jpg|thumb|170px|Metro de Copenhague]][[Imagem:Öresundsbron i solnedgång 2.jpg|thumb|170px|A [[Ponte do Øresund]]]][[Imagem:Teglværkshavnen housing by Tegnestuen Vandkunsten.jpg|thumb|170px|Casas modernas na marina de Copenhague]]
[[Imagem:Kbh Königliche Bibliothek 1.jpg|thumb|170px|A Biblioteca Real da Dinamarca]]
Copenhague é um importante centro regional de [[cultura]], [[negócio]]s, [[mídia]] e [[ciência]]. Em [[2008]], Copenhague ficou na 4ª posição pela revista, de propriedade do ''[[Financial Times]]'', ''[[fDi Magazine]]'' em sua lista de "Top 50 Cidades Europeias do Futuro", depois de [[Londres]], [[Paris]] e [[Berlim]].<ref>{{citar web|url=http://www.fdimagazine.com/cp/10/FDI_052-055_0208-2.pdf|título=Top 50 European City of the Future 2008/09|editora=FDi magazine|acessodata=2009-01-05|arquivourl=https://web.archive.org/web/20081217224128/http://fdimagazine.com/cp/10/FDI_052-055_0208-2.pdf|arquivodata=2008-12-17|urlmorta=yes}}</ref> No ''Índice de Centros Mundiais de Comércio'' de [[2008]], publicado pela [[MasterCard]], Copenhague foi classificada 14ª posição no mundo e na 1ª na [[Escandinávia]].<ref>{{citar web|url=http://www.mastercard.com/us/company/en/insights/pdfs/2008/MCWW_WCoC-Report_2008.pdf|título=Worldwide Centers of Commerce Index|editora=MasterCard|acessodata=2009-01-05}}</ref> No Índice de Cidades Globais de 2008, Copenhague foi classificada na 36ª posição no [[mundo]], 15ª na [[Europa]] e 2ª na [[Escandinávia]].<ref>{{citar web |url=http://www.foreignpolicy.com/story/cms.php?story_id=4509&page=1 |título=The 2008 Global Cities Index |acessodata=2 de agosto de 2009 |editora=[[Foreign Policy]] |data=novembro 2008}}</ref> [[Biologia|Ciências da vida]], [[tecnologias de informação]] e de [[navegação]] são importantes sectores de [[pesquisa e desenvolvimento]] que desempenham um papel importante na economia da cidade.
 
Sua localização estratégica e excelente [[infraestrutura]], com o maior [[aeroporto]] da [[Escandinávia]],<ref name="waymarking1">{{citar web|url=http://www.waymarking.com/waymarks/WM3N4X|título=Copenhagen Airport|editora=waymarking.com|acessodata=2009-01-06}}</ref> situado a 14 minutos de [[trem]] do centro da cidade, tornou-a um pólo regional e um local popular para a sedes regionais de empresas,<ref>{{citar web|url=http://www.ambottawa.um.dk/en/servicemenu/News/Copenhagen+region+ranks+3rd+in+western+EuropeForAttractingHeadOffices.htm|título=Copenhagen Region Ranks 3rd in Western Europe for Attracting Head Offices |editora=Ministry of Foreign Affairs of Denmark|data=2009-01-06|acessodata=2009-07-24|arquivourl=https://web.archive.org/web/20080509015917/http://www.ambottawa.um.dk/en/servicemenu/News/Copenhagen+region+ranks+3rd+in+western+EuropeForAttractingHeadOffices.htm|arquivodata=2008-05-09|urlmorta=yes}}</ref> bem como anfitriã de convenções internacionais. Como resultado, Copenhague é classificada na 3ª posição na [[Europa Ocidental]] e na 1ª posição entre os [[países nórdicos]] para atrair sedes de empresas e órgãos internacionais.<ref>{{citar web | url=http://www.ambottawa.um.dk/en/servicemenu/News/Copenhagen+region+ranks+3rd+in+western+EuropeForAttractingHeadOffices.htm | título=Danish Trade Council - China | publicado=www.ambottawa.um.dk | acessodata=2009-12-13 | arquivourl=https://web.archive.org/web/20080509015917/http://www.ambottawa.um.dk/en/servicemenu/News/Copenhagen+region+ranks+3rd+in+western+EuropeForAttractingHeadOffices.htm | arquivodata=2008-05-09 | urlmorta=yes }}</ref>
 
Copenhague tem sido repetidamente reconhecida como uma das cidades com melhor [[qualidade de vida]] do planeta<ref>{{citar web|url=http://www.investindk.com/visArtikel.asp?artikelID=8130|título=A great place to live|editora=Ministry of Foreign Affairs of Denmark|acessodata=2009-01-06|arquivourl=https://web.archive.org/web/20080323140206/http://www.investindk.com/visArtikel.asp?artikelID=8130|arquivodata=2008-03-23|urlmorta=yes}}</ref><ref name="iht2007">{{citar web|url=http://www.iht.com/articles/2007/06/18/arts/rmon2copenhagen.php|título=Copenhagen is Scandinavia's most desirable city|editora=International Harrold Tribune|acessodata=2009-01-09}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.forbes.com/2008/07/21/cities-europe-lifestyle-forbeslife-cx_vr_0721europe.html|título=Europe's 10 Best Places To Live|editora=Forbes|acessodata=2009-01-06}}</ref> e em 2008 foi apontada como a cidade mais habitável do mundo pela revista internacional ''[[Monocle]]'' no seu "Top 25 de Cidades mais Habitáveis" de 2008.<ref>{{citar web|url=http://www.monocle.com/sections/edits/Web-Articles/Copenhagen/|título=Copenhagen|editora=Monocle|acessodata=2009-01-05|arquivourl=https://web.archive.org/web/20080831212137/http://www.monocle.com/sections/edits/Web-Articles/Copenhagen/|arquivodata=2008-08-31|urlmorta=yes}}</ref> Também é considerada uma das cidades mais ecológicas do mundo, com a [[água]] no interior do porto da cidade sendo tão limpa que pode ser usada para a [[natação]], além de 36% de todos os cidadãos da cidade irem de [[bicicleta]] ao trabalho todos os dias.
 
Desde a virada do milênio, a cidade tem visto um forte desenvolvimento urbano e cultural e tem sido descrita como uma cidade em crescimento.<ref>{{citar web|url=http://wissen.spiegel.de/wissen/image/show.html?did=57570816&aref=image037/2008/06/21/ROSPC200800400660071.PDF&thumb=false|título=Cool Boom Towns|editora=Spiegel Special|acessodata=2009-01-06|arquivourl=https://web.archive.org/web/20111230104751/http://wissen.spiegel.de/wissen/image/show.html?did=57570816&aref=image037%2F2008%2F06%2F21%2FROSPC200800400660071.PDF&thumb=false|arquivodata=2011-12-30|urlmorta=yes}}</ref> Isto é parcialmente devido a investimentos maciços em equipamentos culturais, bem como infraestrutura e uma nova onda de sucesso de ''[[designer]]s'', ''[[chef]]s'' e [[arquiteto]]s.<ref>{{citar web|url=http://www.iht.com/articles/2007/06/18/arts/rmon2copenhagen.php|título=Copenhagen is Scandinavia's most desirable city|editora=International Harald Tribune|acessodata=2009-01-06}}</ref> Viajantes apontaram Copenhague como a cidade mais limpa da [[Europa]].<ref>{{citar web | url=http://www.copcap.com/content/us/quick_links/news/latest_news/news_2nd_quarter_2009/copenhagen_selected_as_cleanest_city_of_europe | título=Copenhagen Capacity | publicado=www.copcap.com }}</ref>
 
=== Transportes ===
==== Rodoviário ====
Copenhague dispõe de uma grande rede de rodovias e estradas públicas que conectam a capital dinamarquesa a diversas cidades locais, como a [[Ponte do Øresund|Ponte Öresund]] que faz ligação com a moderna [[Malmö]] na [[Suécia]].<ref>{{citar web|url=http://www.copcap.com/content/us/doing_business/facts/infrastructure_and_logistics/logistics|título=Logistics|editora=Copenhagen Capacity|acessodata=2009-01-05}}</ref> Essa destacada obra de engenharia é composta por três partes (ponte, ilha artificial e túnel submerso), cujos custos de construção (5,7 bilhões de dólares) foram divididos igualmente pelos dois países por ela interligados.<ref>{{citar web|url=http://www.geometriaanalitica.com.br/artigos/turning.html|titulo=Edifício Turning Torso e Ponte Öresund|data=19/07/2017|acessodata=21/07/2017|publicado=|ultimo=Venturi|primeiro=Jacir}}</ref> Porém, a quantidade de estradas está se tornando um critério obsoleto em relação ao tráfego crescente e aos congestionamentos contínuos na cidade. [[Imagem:Quay Bridge.jpg|thumb|left|170px|''Bryggebroende'', uma ponte exclusiva tanto para pedestres quanto para ciclistas em Copenhague, onde 37% da população montam em suas bicicletas todos os dias]]
Durante as horas de pico, cerca de 37% da população de Copenhaga utilizam [[bicicleta]]s para evitar os congestionamentos cada vez mais frequentes na cidade, fazendo com que Copenhaga seja reconhecida como uma das cidades com maior número de ciclistas no mundo.<ref>{{citar web|url=http://www.virgin-vacations.com/site_vv/11-most-bike-friendly-cities.asp|título=11 most bicycle-friendly cities in the world|editora=Virgin vaccations|acessodata=2009-01-05|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100101015142/http://virgin-vacations.com/site_vv/11-most-bike-friendly-cities.asp|arquivodata=2010-01-01|urlmorta=yes}}</ref> Essa porcentagem deve subir para 40% até [[2012]] e para 50% até [[2015]]. O governo de Copenhaga também investe bastante na construção e manutenção de vias de ciclismo.
 
Como resultado, foi criado o termo ''Copenhagenize'' para descrever a política de incentivos da governo dinamarquês à construção de vias de ciclismo. Em reconhecimento a essa política de Copenhaga, a cidade foi escolhida pela [[União Ciclística Internacional]] como a primeira ''Bike City''.
===Áreas verdes===
[[Imagem:Kongens Have - avenue.jpg|thumb|170px|O Jardim do Rei, do [[Castelo Rosenborg]]]]
Copenhague é uma cidade verde, com muitos parques de pequeno ou grande porte. Foi institucionalizada uma lei municipal em Copenhague, em 2015, que todos os cidadãos devem ter um parque ou praia a menos de 15 minutos de casa a pé.<ref>{{citar web|url=http://www.br.kk.dk/Politik%20og%20Demokrati/IPolitiskFokus/Miljoemetropolen/EnGronOgBlaaStorby.aspx|título=En grøn og blå storby|publicado=Københavns Kommune|acessodata=5 de janeiro de 2009}}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref> Em conformidade com esta lei, vários novos parques, incluindo o inovador Superkilen, foram concebidos ou estão em desenvolvimento em áreas carentes de espaços verdes. O Jardim do Rei, do [[Castelo Rosenborg]], é o parque mais antigo e mais visitado em Copenhague. Seu paisagismo foi iniciado por [[Cristiano IV da Dinamarca|Christian IV]] em 1606. Todos os anos, o parque recebe mais de 2 500 000 visitantes.
 
Também localizado no centro da cidade está o Jardim Botânico, particularmente notável pelo grande numero de estufas do século XIX que concentra-se lá, doadas pelo fundador da cervejaria [[Carlsberg]] J.C Jacobsen. O Fælledparken, com 58 hectares, é o maior parque da cidade, sendo popular para a prática de desportos e por sediar eventos anuais como a ópera ao ar livre, além de outros concertos e o Grande Prêmio de Copenhague, uma corrida de carros antigos. Muitos dos cemitérios da cidade são também usados como parques, assim como em várias cidades europeias:os seus labirintos, gramados e avenidas arborizadas são usadas para atividades mais calmas como banho de sol ou meditação. O maior deles é o Vestre Kirkegaard, com 54 hectares.
== Cultura ==
[[Imagem:A Copenhagen center street.jpg|thumb|180px|left|Rua do centro antigo de Copenhague]]
Copenhague passou por uma forte transformação cultural que a colocou na lista dos destinos culturais e artísticos mais procurados, junto com [[Amesterdão]] e [[Barcelona]].<ref>{{citar web|url=http://wissen.spiegel.de/wissen/image/show.html?did=57570816&aref=image037/2008/06/21/ROSPC200800400660071.PDF&thumb=false|título=Cool Boom Towns|editora=Spiegel Special|acessodata=2009-01-09|arquivourl=https://web.archive.org/web/20111230104751/http://wissen.spiegel.de/wissen/image/show.html?did=57570816&aref=image037%2F2008%2F06%2F21%2FROSPC200800400660071.PDF&thumb=false|arquivodata=2011-12-30|urlmorta=yes}}</ref> Este crescimento no âmbito cultural é resultado de investimentos pesados na melhoria da infraestrutura e na cultura dinamarquesa, além da valorização dos arquitetos dinamarqueses na arquitetura mundial. Copenhague também acolheu o pintor [[Paul Gauguin]].
[[Imagem:Amager strandpark.jpg|thumb|160px|right|A popular praia ''Amager Strandpark'']]
[[Imagem:Copenhagen Concert Hall by night.jpg|thumb|160px|O moderno ''Koncerthuset'']]
230 298

edições