Diferenças entre edições de "Debates eleitorais televisionados no Brasil"

|}
 
A temporada de debates presidenciais ganhou popularidade na [[classe média]] e [[classe baixa|baixa]] nas eleições presidenciais de 1989, não somente pelas frases de efeito que provocam reações(como ''claques'') nos telespectadores e nos cidadãos presentes nas imediações do estúdio onde hospedava-se o debate, pelos duelos travados sobre divergências ideológicas e biográficas, como os de [[Leonel Brizola]] ([[PDT]]) e [[Paulo Maluf]] ([[Partido Democrático Social|PDS]]), televisionada na série de seis debates presidenciais exibidos durante o primeiro turno, com o primeiro deles acontecendo no dia [[17 de julho]] de [[1989]], iniciando às 21h30min até as 23h30min, portanto com duas horas de duração.<ref group="nota">No primeiro debate, denonimado Encontro dos Presidenciáveis, se ausentaram Ulysses e Guimarães([[PMDB]]) e Fernando Collor([[PRN]])</ref> O primeiro debate entre presidenciáveis foi bem aceito e outros sem e se organizamn outros bates.e
mbates.
 
Os debates da [[Rede Bandeirantes]], foram os primeiros, mas como na [[TV Manchete]] e patrocinado pelo [[Conselho Nacional de Defesa dos Direitos da Mulher]] e nos estúdios do SBT.<ref>Acervo Folha. ''Collor, Ulysses e Caiado recusam convite para debate na Manchete''. 18 de julho de 1989.</ref><ref group="nota">No total foram vários debates televisionados, três foram na [[Rede Bandeirantes]], em 17 de julho, a 1º rodada de 14 de agosto e 15 de agosto(era 1ª rodada e 2º reododa do '''"Encontro dos Presidenciáveis"''' , que ocorreram dia 14 de agosto de 1989 e 15 de agosto em 1989, dividido entreduas rodadas ainda mais o debate de 5 de novembro e houve na Rede Bandeirantes), 1 no [[SBT]](denominado '''"A Hora da Decisão"'''(feita no dia
3 200

edições