Diferenças entre edições de "Escala de tempo geológico"

2 bytes removidos ,  11h22min de 12 de abril de 2019
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 201.54.199.37, com Reversão e avisos)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
{{Cronologia da vida}}
=== História antiga ===
Na [[Grécia antiga]], [[Aristóteles]] (384-322 A.C.) observaramobservou que [[fóssil|fósseis]] de conchas em rochas se assemelhavam àquelas encontradas nas praias - ele inferiu que os fósseis nas rochas eram formados por organismos e ele argumentou que as posições de terra e mar haviam mudado durante longos períodos de tempo. [[Leonardo da Vinci]] (1452-1519) concordou com a interpretação de Aristóteles de que os fósseis representavam os restos da vida antiga.<ref>{{Citar web|url=http://www.wmnh.com/wmas0002.htm|título=Correlating Earth's History|primeiro=Paul R.|último=Janke|publicado=Worldwide Museum of Natural History|data=1999}}</ref>
 
No século XI [[Ciência islâmica|geólogo persa]] [[Avicena]] (Ibn Sina, falecido em 1037) e século XIII [[bispo]] [[Ordem dos Pregadores|dominicano]] [[Albertus Magnus]] (falecido 1280) estendeu a explicação de Aristóteles para uma teoria de um fluido [[petrificação|petrificante]].<ref>{{Citar livro|título= The Meaning of Fossils: Episodes in the History of Palaeontology|primeiro= M. J. S.|último= Rudwick|data= 1985|publicado= [[Universidade de Chicago Press]]|isbn= 978-0-226-73103-2|páginas= 24|língua= inglês}}</ref> Avicena também propôs primeiro um dos princípios subjacentes às escalas geológicas de tempo, a [[Princípio da sobreposição das camadas|princípio de superposição]] dos estratos, enquanto discutia as origens das montanhas em "[[O Livro da Cura]]"
Utilizador anónimo