Diferenças entre edições de "Radio Corporation of America"

20 bytes removidos ,  03h07min de 17 de abril de 2019
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 168.194.14.38, com Reversão e avisos
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 168.194.14.38, com Reversão e avisos)
No Brasil, seu recordista em vendas de discos foi [[Nelson Gonçalves]], que permaneceu na gravadora desde 1941 até o final de sua vida em 1998. O cantor havia vendido cerca de 78 milhões de cópias até aquele ano.
 
A RCA Brasil já contratou vários talentos brasileiros como [[Vanusa]], [[Carmen Miranda]], [[Luiz Gonzaga]], [[Cauby Peixoto]], [[Chico Buarque]], [[Engenheiros do Hawaii]], [[Latino (cantor)|Latino]], [[Eliana (apresentadora)|Eliana]], [[Carlos Gonzaga]], [[Jacob do Bandolim]], [[Sergio Reis]], [[Os Incríveis (banda)|Os Incríveis]], [[The Fevers]], [[Patrícia e Luciano|Carmem Silva,]], [[Trem da Alegria]], [[Fafá de Belém]], [[Bruno & Marrone]], [[Bezerra da Silva]], [[Obina Shock]], [[Genival Lacerda]], [[José Augusto (cantor)|José Augusto]], [[Maria Creuza]], [[Sá e Guarabira]], [[Gal Costa]], [[Maria Bethânia]], [[Roupa Nova]] e a [[Perla]] (a cantora paraguaia), que graças ao próprio esforço e à gravadora vendeu mais de 30 milhões de discos.
 
A RCA também é conhecida no Brasil por ter ajudado a implantar a televisão no Brasil em [[1950]], graças à iniciativa de [[Assis Chateubriand]].
 
A RCA Records trouxe ao Brasil a distribuição das gravadoras [[RCA Records]], [[RCA Victor|Victor]],Camden, Bluebird, [[Virgin Records]] e Red Seal e [[Som Livre]]
 
A RCA Records Brasil foi incorporada em 1987 à BMG, fundando assim a BMG Ariola Discos Ltda, depois, BMG Brasil Ltda. que em 2004 se fundiu com a [[Sony Music Brasil]] e formou a [[Sony BMG Music Entertainment|Sony BMG Music Brasil]].
229 756

edições