Diferenças entre edições de "The Pirate Bay"

221 bytes adicionados ,  23h51min de 17 de abril de 2019
m
ajustes usando script
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Zumines, com Reversão e avisos)
m (ajustes usando script)
{{mais notasfontes|data=abril de 2012}}
{{Info/Sítio
| nome = The Pirate Bay
| status atual = Online
}}
'''The Pirate Bay''' ('''TPB'''), autointitulado ''"O tracker BitTorrent mais resiliente da galáxia"'', contém [[Magnet-Link|magnet links]], sendo também o índice para os arquivos .torrent. Um ''magnet link'' ou um arquivo ''.torrent'', em conjunto com um cliente [[BitTorrent]], proporciona ao cliente as informações necessárias para se copiar um arquivo ou conjunto de arquivos de outras pessoas que estão copiando ou compartindo o mesmo arquivo. Devido a capacidade do protocolo BitTorrent de gerenciar grandes arquivos, é uma escolha popular para compartilhar grandes arquivos de multimédia (muitas vezes, ilegalmente na maioria dos países de onde se conectam seus usuários), assim como CDs de [[Lista de distribuições de Linux|distribuições]] [[Linux]].<ref>{{Citar periódico|titulo=O que é "Pirate Bay"? Um site polêmico que oferece conteúdo para download|jornal=purebreak.com.br|url=http://www.purebreak.com.br/noticias/o-que-e-pirate-bay-um-site-polemico-que-oferece-conteudo-para-download/3567}}</ref>.
 
The Pirate Bay foi criado pela organização ''anticopyright'' sueca [[Piratbyrån]] no começofinal de 20042003, mas desde outubro de 2004 se tornou uma organização independente.<ref name=":0">{{Citar web|titulo=The Pirate Bay Turns 10 Years Old: The History|url=https://torrentfreak.com/the-pirate-bay-turns-10-years-old-the-history-130810/|obra=TorrentFreak|data=2013-08-09|acessodata=2019-04-17|lingua=en}}</ref>
 
== História ==
Devido às leis suecas, o serviço disponível no site (indexação de arquivos) não é ilegal, e por isso o The Pirate Bay enfrentou poucos problemas com a justiça durante sua história, tendo inclusive a fama de responder ironicamente aos departamentos jurídicos das empresas que os ameaçam.<ref>{{Citar web|url=http://meiobit.com/15573/pirate-bay-ameacado-oferece-pagar-processo-de-michael-jackso/|título=Pirate Bay, ameaçado, oferece pagar processo de Michael Jackson. Com garotinhos. – Meio Bit|publicado=meiobit.com|acessodata=4 de abril de 2012}}</ref>
 
No diaEm [[31 de maio]] de 2006, no entanto, o site sofreu o seu maior golpe. Aa empresa onde ficam hospedados os servidores do site (o ''host'') foi invadida por policiais e teve os computadores ligados ao TPB apreendidos.<ref name=":0" />
 
[[Imagem:Piratdemonstration vid Mynttorget - 03 - 2006-06-03 (gabbe).jpg|thumb|left|Protesto em [[Estocolmo]] contra a ação da polícia em 3 de junho de 2006.]]
 
=== Domínio ===
Devido ao seu conteúdo e aos processos judiciais, seu domínio no site teve de ser alterado diversas vezes. Em abril de 2013, ele teve uma breve passagem pela Gronelândia &nbsp;(.gl) e parou na Islândia (.is). No começo de maio do ano passado, o site migrou para a ilha caribenha &nbsp;de São Martinho (.sx). Por fim, em dezembro veio a agitação total: primeiro o serviço pulou para a Ilha da Ascensão (.ac), que é um território britânico, fez uma curta parada no Peru &nbsp;(.pe), caiu nas Guianas &nbsp;(.gy) e retornou para casa, na Suécia (.se), ficou um tempo em Laos (.la) e, em Maio de 2016, retornou para o seu domínio original, o .org.<ref>[http://www.tecmundo.com.br/pirataria/49029-the-pirate-bay-troca-de-dominio-quatro-vezes-em-menos-de-duas-semanas.htm The Pirate Bay troca de domínio quatro vezes em menos de duas semanas]</ref> E atualmente em Maio de 2019, continua em seu domínio original.
 
Em [[9 de dezembro]] de [[2014]] o Pirate Bay teve seus servidores, computadores e demais equipamentos apreendidos após invasão da polícia sueca.<ref>{{Citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/tec/2014/12/1559925-policia-sueca-tira-site-pirate-bay-do-ar-e-confisca-servidores.shtml|título=Polícia sueca tira site Pirate Bay do ar e confisca servidores - Folha de S. Paulo|publicado=folha.uol.com.br|acessodata=9 de dezembro de 2014}}</ref> Outras páginas relacionadas de torrents, incluindo o EZTV, Zoink, Torrage e o tracker Istole também saíram do ar, além do fórum Suprbay.org do TPB. Em 12 de Dezembro o TPB ainda permanecia indisponível, sem uma definição concreta se permanecerá assim, bem como o domínio EZTV.it. Porém, no segundo dia após a apreensão foi noticiado que o EZTV apresenta "sinais de vida" com uploads ao ExtraTorrent e KickassTorrents e proxies como eztv-proxy.net que utiliza endereços de IP do site principal.<ref>{{citar web|url=http://torrentfreak.com/eztv-slowly-recovers-swedish-police-raid-141211/|título=EZTV slowly recovers from Swedish police raid|data=11-12-2014|autor =Ernesto}}</ref><ref>{{citar web|url=http://au.ibtimes.com/articles/575732/20141212/pirate-bay-offline-eztv-recovers.htm|título=The Pirate Bay Remains Down While EZTV Recovers After The Police Raid In Nacka – Report|publicado=International Business Times|data=12-12-2014|autor =Tarum Mazumdar}}</ref> Várias cópias do site surgiram durante os dias seguidos à invasão, a mais notável sendo a oldpiratebay.org, criada pelo [[isoHunt]].<ref>{{citar web|url=http://www.theguardian.com/technology/2014/dec/15/pirate-bay-revived-by-rival-piracy-site-torrent-isohunt|título=Pirate Bay revived by rival piracy site|publicado=[[theguardian.com]]|data=15-12-2014}}</ref>