Diferenças entre edições de "Germoplasma"

161 bytes adicionados ,  21h42min de 18 de abril de 2019
Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script)
(Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
 
 
== Tipos de Bancos ==
Podem ser classificados em "bancos de base" ou em "bancos ativos". Os primeiros são aqueles em que se conserva o germoplasma em câmaras frias (conservação de 1&nbsp;ºC até -20&nbsp;ºC), ''in vitro'' (conservação de partes vegetais em meio de cultura de crescimento) ou em criopreservação (conservação em [[nitrogênio líquido]] a -196&nbsp;ºC), por longos prazos, podendo até mesmo ficar longe do local de trabalho do melhorista genético. São considerados "ativos" aqueles que estão próximos ao pesquisador, nos quais ocorre o intercâmbio de germoplasma e plantios freqüentes para caracterização, o que proporciona a conservação apenas a curto e mediano prazos.<ref>{{citar web|url=http://www.ars-grin.gov/npgs/|título=GRIN NPGS|último =Endress|primeiro =Kurt|website=www.ars-grin.gov|acessodata=2017-04-01|arquivourl=https://web.archive.org/web/20080422204654/http://www.ars-grin.gov/npgs/|arquivodata=2008-04-22|urlmorta=yes}}</ref>
 
Os Bancos Ativos de Germoplasma (BAG) apresentam acessos de uma ou de poucas culturas, não sendo viável o armazenamento de acessos de muitas espécies.
 
==Bibliografia==
*Day-Rubenstein, K and Heisey, P. 2003. ''[https://web.archive.org/web/20161018011403/http://www.ers.usda.gov/amber-waves/2003-june/plant-genetic-resources.aspx Plant Genetic Resources: New Rules for International Exchange]''
* {{citar livro
|autor =De Vicente, C. (editor)
230 298

edições