Diferenças entre edições de "Girondino"

122 bytes removidos ,  15h09min de 20 de abril de 2019
sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Referências removidas
|ideologia = [[Liberalismo]]<ref name=Britannica>{{Citar web|URL=http://www.britannica.com/topic/Girondin|título=Girondin|publicado=[[Encyclopædia Britannica]]}}</ref><br />[[Abolicionismo]]<ref>{{citar livro|título=A Turbulent Time: The French Revolution and the Greater Caribbean|autor1 =David Barry Gaspar|autor2 =David Patrick Geggus|publicado=[[Indiana University Press]]|páginas=262|data=1997}}</ref><br />[[Federalismo]]<ref name=Britannica/><br />[[Republicanismo]]<br />[[Monarquismo]] Constitucional (minoria) <ref>{{citar jornal|URL=http://www.preservearticles.com/2011110316563/essay-on-the-ideological-differences-between-the-girondists-and-the-jacobins.html|título=Essay on the Ideological Differences between the Girondists and the Jacobins|autor =Prachi Mital|publicado=Preserve Articles|data=2012}}</ref>
|alcunha =
|espectro = [[Centro]]
|espectro = [[Direita (política)|Direita]]<ref>{{citar livro|título=Encyclopedia of the Age of Political Revolutions and New Ideologies|autor =Gregory Fremont-Barnes|publicado=[[Greenwood Publishing Group|Greenwood Press]]|páginas=867|data=2007}}</ref>
|religião = [[Secularismo]]
|publicação = ''Patriote français<br />Le Courrier de Provence<br />La chronique de Paris''
'''Girondinos''' (do francês ''girondin'', por ter sido formado em torno de deputados do departamento da [[Gironda]]) era a denominação de um grupo [[política|político]] moderado da [[Assembleia Nacional Constituinte Francesa (1789)|Assembleia Nacional]] (onde, juntamente com os [[jacobinos]], de [[Maximilien de Robespierre|Robespierre]], e os ''[[Clube dos Cordeliers|cordeliers]]'', de [[Georges Jacques Danton|Danton]], representavam o [[Três Estados|Terceiro Estado]]) e da [[Convenção (Revolução Francesa)|Convenção Nacional]] [[França|francesa]], chefiado por [[Jacques-Pierre Brissott]] ([[1754]]-[[1793]]), durante a [[Revolução Francesa]]. Seus membros pertenciam, em sua maioria, à burguesia provincial. Seu violento enfrentamento com o grupo dos [[Montanha (Revolução Francesa)|montanheses]] (ou jacobinos) dominou os primeiros meses da Convenção Nacional.
 
Na Convenção (1792 - 1795), os girondinos, foram instalados do lado direito do plenário, enquanto o grupo da Montanha, composto de 24 deputados de Paris e outros, foi instalada do lado esquerdo. A conotação política dos termos [[esquerda política|esquerda]] e [[direita política|direita]] provém dessa divisão inicial do plenário. Os girondinos dominavam a Assembleia e, imediatamente, começaram a atacar a Comuna de Paris e os "montanheses" (mais conhecidos como jacobinos), por considerá-los responsáveis pelos [[Massacres de Setembro de 1792|massacres de setembro de 1792]]. [[Marat]] foi o primeiro implicado. Por outro lado, durante o processo de [[Luis XVI]], os girondinos, que se opunham à condenação do rei, foram considerados pouco republicanos. DefendiamInicialmente defendiam uma [[monarquia constitucional]] e se enfraqueceram politicamente com a tentativa de fuga de [[Luís XVI]]. Afinal, sua posição contrária à instituição de um tribunal revolucionário comprometeu definitivamente os girondinos. A maioria dos Girondinos passou a apoiar o republicanismo moderado apos o inicio da revolução.
 
== Origem ==
Utilizador anónimo