Gracos: diferenças entre revisões

8 bytes adicionados ,  23h15min de 22 de abril de 2019
m (Foram revertidas as edições de 179.232.192.135 para a última revisão de Jbribeiro1, de 23h32min de 9 de julho de 2016 (UTC))
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
== História ==
O pai de ambos, [[Tibério Semprônio Graco (cônsul em 177 a.C.)|Tibério Semprônio Graco]], embora de origem [[plebe]]ia, tornou-se um destacado homem público, iniciando sua carreira política sob a proteção dos [[Cipiões]]. Foi [[Tribuno|tribuno da plebe]], [[pretor]], [[censor romano|censor]] e por duas vezes [[Cônsul (Roma Antiga)|cônsul]]. Como pretor, governou a [[Hispânia Citerior]] e, em seu primeiro consulado, sufocou uma insurreição que eclodira na [[Sardenha]]. Como censor, ficou conhecido por sua austeridade. Ao morrer, em 150 a.C., era um dos homens mais poderosos de Roma.
sabonete
 
Casou-se com [[Cornélia Africana|Cornélia]] - filha de [[Cipião Africano]], o vencedor de [[Aníbal]], em [[Batalha de Zama|Zama]]. Teve doze filhos, dos quais apenas três sobreviveram: Tibério, Caio e [[Semprônia (esposa de Cipião Emiliano)|Semprônia]] (que viria a desposar [[Cipião Emiliano]]).
 
Utilizador anónimo