Diferenças entre edições de "Inaiatulá Cã"

439 bytes adicionados ,  10h13min de 23 de abril de 2019
Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
m (+ portal)
(Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
|
}}
'''Inayatullah Khan''' (20 de outubro de 1888 - 12 de agosto de 1946) foi [[rei]] do [[Afeganistão]] entre [[14 de janeiro]] de [[1929]] e [[17 de janeiro]] de 1929.<ref name=afghan>[{{Citar web |url=http://www.afghanistantourism.net/215/afghanistan-history/afghanistan-monarchs/ |titulo=Dinastia Barakzai] |acessodata=2012-03-22 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20120327153153/http://www.afghanistantourism.net/215/afghanistan-history/afghanistan-monarchs/ |arquivodata=2012-03-27 |urlmorta=yes }}</ref> Ele era o filho do rei afegão anterior, [[Habibullah Khan]]. Ele foi treinado na escola militar em [[Cabul]]. Jovem príncipe reformista, ele conduzirá durante o reinado de seu pai, os negócios da instrução pública. Seu pai irá conferir-lhe o título de "Moin Sultanato" (Assistente da realeza). Inayatullah teve um breve reinado que terminou com a sua [[abdicação]].
 
==Revolta==
Em janeiro de 1929, seu irmão Amanullah Khan decide abdicar em seu favor para evitar um banho de sangue. No meio da noite, em 14 de janeiro de 1929,<ref name=afghan/> Amanullah Khan entregou o poder para seu irmão Inayatullah Khan Seraj e tentou fugir secretamente de [[Cabul]] para [[Candaar]]. Ao saber da fuga, [[Habibullah Kalakani]] e seus seguidores perseguiram o [[Rolls Royce]] de Amanullah a cavalo, mas Amanullah conseguiu escapar. Apesar da popularidade de Inayatullah Khan entre os moderados, os rebeldes liderados por Habibullah Kalakani recusaram o novo emir e tomaram posse da capital.
 
Com o rei desaparecido, Habibullah Kalakani escreveu uma carta ao rei Inayatullah a render-se ou preparar-se para a guerra. A resposta de Inayatullah foi que ele nunca tinha procurado nem queria ser rei e concordava em abdicar e proclamar Habibullah Kalakani como rei em 18 de janeiro de 1929.<ref>[http://www.afghanembassyjp.org/en/life/?pn=20 Embassy of Afghanistan in Tokyo]</ref> Inayatullah foi levado de avião para fora de Cabul pela [[Royal Air Force]]<ref>[{{Citar web |url=http://www.raf.mod.uk/news.cfm?storyid=61000209-1143-EC82-2E0C0B370FF5975C |titulo=RAF 'Heroes of Kabul': 80th Anniversary. Royal Air Force official website] |acessodata=2012-03-21 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20160105100244/http://www.raf.mod.uk/news.cfm?storyid=61000209-1143-EC82-2E0C0B370FF5975C |arquivodata=2016-01-05 |urlmorta=yes }}</ref> após uma escala em [[Bombaim]] na [[Índia]], foi para [[Teerão]], na [[Pérsia]], onde passou o resto da sua vida em exílio. Faleceu na Pérsia em 12 de agosto de 1946. Mais tarde o seu corpo foi repatriado e enterrado ao lado de seu pai, em [[Jalalabad]].
 
== Ver também ==
230 299

edições